Goleiro Krul entra no finalzinho, pega dois pênaltis e classifica a Holanda

Após 0 a 0 no tempo normal, seleção holandesa ganha nos pênaltis para avançar e pegar a Argentina na semifinal

16674176

No primeiro tempo, a Holanda teve quase o dobro de posse de bola e concluiu quatro vezes contra o gol da Costa Rica. Keylor Navas teve de fazer três intervenções cruciais. Aos 21 min, ele espalmou a finalização de Van Persie e, na sequência, agarrou o rebote de Sneijder.

Sete minutos mais tarde, parou Depay após erro de recuo de bola do capitão Ruiz. A maior chance da Costa Rica chegou aos 34 min, em cobrança de falta. Bolaños alçou na área, Umaña ajeitou no segundo poste e Ruiz tentou de “puxeta”. A zaga afastou de dentro da pequena área. Navas ainda defendeu uma cobrança de falta de Sneijder para manter o placar em 0 a 0 na primeira etapa.

No segundo tempo, Blind recuou como lateral-esquerdo e a Holanda armou um 4-4-2 para liberar mais Robben. O jogador era a principal válvula de escape. No entanto, exceto por uma cobrança de falta de Sneijder no poste, não houve chance clara até os 47 minutos. O camisa 10 cruzou na área, a bola rebateu na zaga e sobrou para Van Persie. O capitão holandês mandou um chutou rasteiro salvo em cima da linha pelo volante Tejeda.

O 0 a 0 levou a partida para a prorrogação, a primeira das quartas de final. Entretanto, sem condições físicas, as equipes pouco criaram. O segundo chute de Sneijder no travessão na partida foi o melhor do tempo extra.

Nos pênaltis

O resultado coloca a XXX contra a Argentina na semifinal da quarta-feira, às 17h. O jogo acontece no Itaquerão, em São Paulo (SP).

 

Fonte: Diário de Santa Maria

Compartilhar:
    Publicidade