Goleiro que foi do Corinthians pode ser preso e não jogar a Copa do Mundo

Este não é o único episódio controverso em que se envolveu o goleiro no volante

Johnny Herrera corre risco de perder a Copa do Mundo. Foto:Divulgação
Johnny Herrera corre risco de perder a Copa do Mundo. Foto:Divulgação

O goleiro Johnny Herrera, ex-Corinthians e titular na Universidad de Chile, corre risco de perder a Copa do Mundo. Um dos prováveis convocados por Jorge Sampaoli, Herrera teve prisão pedida no Chile por dirigir embriagado e em posse de uma carteira falsa, em 2012.

Caso o pedido siga adiante, Herrera estaria automaticamente fora da próxima Copa em que é cotado para ser reserva de Claudio Bravo. O goleiro, 32 anos, foi convocado em seis partidas das últimas Eliminatórias do Mundial, mas não chegou a ser utilizado.

Este não é o único episódio controverso em que se envolveu o goleiro no volante. Em 20 de dezembro de 2009, Herrera atropelou e matou uma jovem de 22 anos. Três anos e meio depois, ele foi considerado culpado, mas seus advogados invalidaram a tese de que ele estivesse embriagado no acidente. O goleiro foi condenado a 41 dias de prisão.

Fonte:Terra

Compartilhar:
    Publicidade