Governadora anuncia liberação do acesso aos editais do RN Sustentável

Tudo vai ser feito de forma on line, a partir das próprias cidades, no site do projeto (www.rnsustentavel.rn.gov.br).

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Governadora Rosalba Ciarlini anuncia nesta segunda-feira, 2, a liberação do acesso aos primeiros editais do Projeto RN Sustentável, o maior programa de financiamento da história do Rio Grande do Norte assinado com o Banco Mundial em outubro de 2013. O projeto, cujo valor total é de US$ 540 milhões e vai ser desenvolvido ao longo dos próximos cinco anos, tem como principal meta garantir autonomia para diminuir as diferenças sociais em todas as regiões do estado.

“Depois da fase de lançamento em 12 regiões, chegou a hora das associações, cooperativas e organizações sociais da agricultura familiar e da economia solidária legalmente constituídas há dois anos escolher um dos editais, identificar suas necessidades e manifestar interesse em participar desse projeto histórico para a nossa terra”, declarou a Governadora Rosalba Ciarlini.

Tudo vai ser feito de forma on line, a partir das próprias cidades, no site do projeto (www.rnsustentavel.rn.gov.br).

Os recursos do RN Sustentável, depois de toda avaliação para liberação, serão investidos nas áreas de saúde, educação, segurança e infraestrutura produtiva para melhorar as condições de vida da população, estimulando novas oportunidades de trabalho e de renda, acesso à água e sustentabilidade ambiental. “A cultura potiguar também será beneficiada com investimentos em equipamentos culturais e bandas filarmônicas”, lembrou a Governadora.

O público alvo principal do projeto, desenvolvido em conjunto por várias secretarias, é a população mais vulnerável do RN, com foco especial para a inclusão de mulheres e jovens e valorização de comunidades tradicionais (indígenas e quilombolas).

Quem o projeto vai beneficiar:

Projetos socioambientais, como foco em acesso a água e segurança alimentar;

Projetos da economia solidária, com ênfase em produção associativa, priorizando mulheres e jovens;

Projetos culturais, voltados para implementação de bandas filarmônicas, com prioridade para aqueles municípios que ainda não possuem.

Projetos produtivos e de acesso a mercados, como foco em cadeias produtivas prioritárias.

Como se inscrever:

Para fazer a inscrição, é preciso que a organização leia o Edital de seu interesse, com atenção aos documentos exigidos e preencha o Formulário de Manifestação de Interesse no site do Projeto: www.rnsustentavel.rn.gov.br

A quem pedir ajuda:

As organizações podem contar com o apoio dos escritórios da EMATER espalhados pelo Estado, Conselhos Municipais legalmente constituídos para apoiar o RN Sustentável, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, articuladores territoriais do Projeto, além de entidades parceiras devidamente habilitadas e listadas no site.

Próxima etapa:

As manifestações de interesse selecionadas receberão apoio de assistência técnica especializada paga pelo RN Sustentável para elaboração dos Planos de Investimentos e posterior liberação dos recursos.

Informações:

Página do Projeto RN Sustentável na internet www.rnsustentavel.rn.gov.br

Unidade de Gerenciamento do Projeto na Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (UGP/SEPLAN), no Centro Administrativo do Estado, em Natal.

Telefone: (84) 3232-1818

E-mail: rnsustentavel@rn.gov.br.

Compartilhar: