Governo brasileiro não quer o fim do visto para os EUA, diz organização

O Brand USA é uma das instituições que mais cobra do governo e congressistas norte-americanos pelo fim do visto americano

blog_visto_americano

Quase todas as notícias e informações que recebemos sobre um possível fim do visto para que os brasileiros visitem os Estados Unidos dão conta de que o Brasil está se preparando para cumprir as exigências do governo norte-americano e que a exigência tende a cair nos próximos anos. Na avaliação da Brand USA, contudo, o panorama não é bem esse.

A empresa, que é a equivalente à Embratur dos Estados Unidos , mas mantida por meio de uma parceria público-privada, acredita que o governo brasileiro não esteja interessado em acabar com o visto. Seria uma decisão política, com o objetivo de incentivar o turismo nacional e evitar que ainda mais brasileiros gastem seus reais nas terras de Tio Sam.

“O Visa Waiver (programa americano de isenção de vistos) seria importante para gerar ainda mais demanda, mas o Brasil não quer isso integralmente. O Brasil apoia o turismo interno. É uma questão política”, afirmou o diretor Brand USA Alfredo Gonzalez, durante um evento de turismo que está sendo realizado em Miami.

De acordo como site Panrotas, a afirmação foi uma resposta sobre qual seria a razão pela qual o Chile fazer parte do Visa Waiver, sendo que o país sofre com a falta de capacidade aérea aos Estados Unidos, e o Brasil está fora, mesmo com companhias iniciando voos entre os países, como a Azul, e outras aumentando o número de frequências.

O Brand USA é uma das instituições que mais cobra do governo e congressistas norte-americanos pelo fim do visto americano, mas ao que parece eles não estão muito satisfeitos com os esforços do lado de cá.

 

 

Fonte: Sites Melhores Destinos

Compartilhar:
    Publicidade