Governo do Canadá implanta novo visto de residente temporário

Quem já tirou o visto anteriormente não precisará solicitar o documento de novo

A partir desta quinta-feira, 6 de fevereiro, quem tirar o visto de residente temporário para o Canadá poderá visitar o país quantas vezes quiser, ou seja, com múltiplas entradas, dentro do período máximo de até cinco anos. O oficial da imigração poderá designar uma validade do visto inferior, conforme o perfil do requerente. O limite de permanência máxima no país continua sendo de 6 meses.

A medida foi anunciada pelo governo canadense no início desta semana, com o objetivo de acelerar a economia local, e de simplificar o trâmite para emissão de vistos consulares, já que, desta forma, os turistas poderão visitar o país mais vezes, sem ter que tirar visto cada vez que for viajar.

A mudança é válida para quem ainda vai tirar o visto canadense. Quem já tirou o visto anteriormente não precisará solicitar o documento de novo, pois já terá um visto ainda válido.

Sobre como fazer para solicitar o visto de residente temporário, o diretor da Infovistos, Alexandre Luís Pedrosa, esclarece que os trâmites continuam iguais. “A documentação exigida é a mesma, e o caminho a percorrer também, com o preenchimento de formulários e a apresentação das comprovações financeiras, por exemplo.”.

Ainda conforme o diretor da Infovistos, o rigor para a aprovação dos vistos também continua o mesmo. “O governo canadense quer receber turistas, mas os fiscais da imigração continuam criteriosos na hora de aprovar os vistos. Então, o melhor é ter ajuda de profissionais que conhecem os trâmites na hora de tirar o visto.”, recomenda Alexandre.

O que mudou, mesmo, na parte do requerimento de visto para residente temporário, é que agora não existem mais uma taxa para única entrada, e outra para múltiplas entradas. A taxa foi unificada, e ainda mais barata do que a cobrada para tirar o visto para os Estados Unidos (US$ 160).

O visto de residente temporário é indicado para quem vai viajar a turismo, negócios, trânsito, ou para quem vai estudar até 24 semanas, e permite a permanência no país por, no máximo, seis meses, a cada entrada.

Para saber mais informações, acesse www.infovistos.com.br, ou mande uma mensagem para infovistos@infovistos.com.br

 

TRHYRTH

Compartilhar: