Governo lança campanha para reduzir acidentes de trânsito no Carnaval

Os principais fatores que causam os acidentes são álcool e direção, a velocidade, falta de atenção, o cansaço e a imprudência

De acordo com a Polícia Rodoviária, o carnaval é o feriado com o maior número de mortes nas rodovias federais. Foto: Divulgação
De acordo com a Polícia Rodoviária, o carnaval é o feriado com o maior número de mortes nas rodovias federais. Foto: Divulgação

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, lança hoje (25), às 15h, a nova campanha Carnaval 2014, do Pacto Nacional pela Redução de Acidentes (Parada – Um Pacto pela Vida). Com o slogan“Não seja vítima do álcool, seu carnaval não precisa acabar assim”, a campanha é resultado de parceria entre o Ministério das Cidades, a Casa Civil, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, o Ministério da Justiça, a Polícia Rodoviária Federal, os ministérios dos Transportes, da Saúde e da Previdência e outros órgãos do governo do Distrito Federal.
A campanha faz uma analogia entre os elementos alegres dos desfiles de carnaval, como os carros alegóricos e a comissão de frente, e a trágica realidade dos acidentes e mortes que ocorrem nas ruas e estradas nesta época.
De acordo com a Polícia Rodoviária, o carnaval é o feriado com o maior número de mortes nas rodovias federais. Os principais fatores que causam os acidentes são álcool e direção, a velocidade, falta de atenção, o cansaço e a imprudência. Durante a cerimônia, profissionais socorristas de todo o país serão homenageados com a entrega de diplomas pela dedicação e agilidade no atendimento das vítimas.

Agora de manhã, às 10h30, o governo lança, no Ministério da Saúde, a campanha de estímulo ao uso da camisinha no carnaval. O tema deste ano é “Se tem festa, festaço ou festinha, tem que ter camisinha”. O objetivo é alertar para a necessidade de prevenção nos momentos de diversão. A campanha será apresentada pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro.

 

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade