Governo pode aumentar impostos para compensar gastos com energia

Alta dos tributos deve garantir aumento das receitas em torno de R$ 4 bi para financiar a Conta de Desenvolvimento Energético

Ministro Guido Mantega aguarda decisão para anunciar aumentos. Foto:Divulgação
Ministro Guido Mantega aguarda decisão para anunciar aumentos. Foto:Divulgação

O secretário adjunto da Receita Federal, Luiz Fernando Teixeira Nunes, disse nesta terça-feira, 25, que o Fisco estuda medidas de aumento de tributos para compensar o gasto adicional de R$ 4 bilhões com a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).

“Existem uma série de medidas anunciadas. Há cenários que foram apresentados. Mas a decisão é política de quando serão anunciadas”, afirmou. “O ministro (da Fazenda, Guido Mantega) já colocou isso”, completou.

Segundo ele, são esses aumentos de impostos que vão garantir um aumento das receitas em torno de R$ 4 bilhões, conforme divulgado no relatório de reavaliação de receitas e despesas do primeiro bimestre.

Ele informou que ainda não estão nas estimativas de receitas os efeitos da recolhimento de IRPJ e CSLL das empresas brasileiras multinacionais após a aprovação da Medida Provisória 627, conhecida como MP das Coligadas.

“Está havendo um processo de negociação intensa desde quinta-feira. A votação pode ser essa semana. Após essa votação, vamos ter como fazer análise e os possíveis recolhimentos desse ano por força da MP. Eles não foram contabilizados na nossa previsão.

Fonte:Estadão

 

Compartilhar: