Governo se reúne com movimentos para diminuir protestos contra a Copa

Ministro Gilberto Carvalho chefia estratégia do governo de fazer reuniões em cada uma das 12 cidades-sede do Mundial. Primeiro evento ocorre nesta quarta-feira (02), em Manaus

Próximo protesto contra a Copa em São Paulo está marcado para o dia 15 de abril. Foto: Divulgação
Próximo protesto contra a Copa em São Paulo está marcado para o dia 15 de abril. Foto: Divulgação

O governo federal inicia nesta semana uma rodada de debates com movimentos sociais e representantes da sociedade a fim de esclarecer a população sobre as iniciativas e ações desenvolvidas para a Copa do Mundo.

Tendo à frente o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, a estratégia vai reunir governo e lideranças locais em cada uma das 12 cidades-sede do Mundial.

O primeiro encontro ocorre nesta quarta-feira (2), às 14h, em Manaus. O evento, chamado Diálogos Governo-Sociedade Civil: Copa 2014, ainda não tem as próximas etapas marcadas. Os últimos detalhes do projeto foram acertados nesta terça-feira (1°), em reunião dos ministros Gilberto Carvalho, Aldo Rebelo, do Esporte, Thomas Traumann, da Secretaria de Comunicação Social, e representantes dos ministérios da Cultura e da Casa Civil.

Desde janeiro, o Palácio do Planalto estuda como dar mais transparência aos gastos da Copa do Mundo, com o objetivo de mostrar benefícios para a população e esclarecer as críticas ao evento esportivo. A ideia é mostrar quanto custou cada arena, as obras de mobilidade, telecomunicações e infraestrutura do Mundial e até compará-las com as que foram feitas em outros países.

De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência, o evento desta quarta-feira reúne Gilberto Carvalho e representantes do governo amazonense e de Manaus com lideranças de movimentos e organizações da sociedade local.

Fonte: IG

Compartilhar:
    Publicidade