Grande perda – Walter Gomes

Joaquim Pinheiro – jtpinheirojh@gmail.com – (INTERINO)   O Parlamento Brasileiro ficará desfalcado da presença de um dos seus mais ilustres…

Joaquim Pinheiro – jtpinheirojh@gmail.com – (INTERINO)

 

O Parlamento Brasileiro ficará desfalcado da presença de um dos seus mais ilustres e combativos senadores. Pedro Simon anuncia que não disputará mandato eletivo nas eleições deste ano, constituindo-se na perda de uma figura carismática e bastante representativa da política nacional.

>>>

O gaúcho Pedro Simon, atualmente filiado ao PMDB, presta inestimáveis serviços à Nação começando pelo exemplo de homem público íntegro, legado que deixa principalmente para as novas gerações da política.

>>>

Advogado, professor universitário especialista em direito penal, Pedro Simon iniciou sua vida pública na juventude militando em movimentos estudantis, quando em 1945 fundou a ala moça do PTB junto com Leonel Brizola. Sua estreia na política aconteceu em 1958 elegendo-se vereador em Caxias do Sul.

>>>

Em 1962 o gaúcho elegeu-se deputado estadual, repetiu o mandato em 1966, 1970 e 1974.

>>>

Pedro Simon foi eleito senador em 1978 e foi um dos coordenadores do movimento “Diretas Já” em 1984. Também foi um dos articuladores da candidatura de Tancredo Neves à presidência da República e José Sarney para vice-presidente. O gaúcho foi também governador do Rio Grande do Sul.

>>>

Deixará um legado de ética e de político sério e comprometido com o futuro do Brasil.

Presença sintomática

O ex-prefeito de Nova Cruz, Targino Pereira, tem visitado sistematicamente o município e conversado com a população. Targino é considerado administrador competente que realizou um bom trabalho em Nova Cruz com obras estruturantes e importantes como a construção do Mercado Público, pavimentação e assistência à saúde e a educação, entre várias outras de alcance social. O ex-prefeito é bastante identificado não só com a população urbana, mas principalmente com os trabalhadores que residem no meio rural. Pode vir surpresa por aí.

– A deputada Gesane Marinho decidiu não disputar a reeleição, mas continuará na vida pública. O seu futuro projeto político poderá ser disputar a Prefeitura Municipal de Canguaretama onde o pai, Jurandir Marinho foi prefeito e a mãe Fátima Marinho é a atual prefeita.

– Gesane, filiada ao PSD do candidato a governador Robinson Faria deverá também deixar o partido por divergências internas, principalmente com relação à formatação da chapa proporcional para as eleições deste ano. Gesane Marinho sentiu-se prejudicada e não aceitou concorrer ao pleito preferindo enfrentar novos desafios.

– Getúlio Rego, deputado do DEM, ainda não definiu em quem votará para governador do Estado nas eleições de outubro. Getúlio é o parlamentar com maior número de mandatos na Assembleia Legislativa – um total de 8 – e tem atuação política na região Oeste do Rio Grande do Norte.

– A discussão e crítica sobre o maior número de partidos numa coligação é inócua, inconsequente e oportunista. Qual é o candidato que não quer reunir o maior número possível de apoios a sua candidatura? A própria presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, trabalha para que isso ocorra e alguns petistas ficam criticando como se eles próprios não fizessem a mesma coisa.

– O I Encontro de Repentistas de Natal será realizado no dia 22 de agosto em vez de 29 como havia sido previamente marcado. Será no Largo Dom Bosco na Ribeira e fará parte das comemorações alusivas à Semana do Folclore promovida pela Capitania das Artes. O presidente Dácio Galvão está disponibilizando todo apoio necessário para a realização e sucesso do evento.

– Os candidatos Henrique Eduardo (governador), João Maia (vice-governador) e Wilma de Faria (senadora), prestigiaram o vereador Dagô. Compareceram ao tradicional “Forró do Dagô” no bairro de Dix-Sept Rosado no final de semana.

tPara refletir: “Em política é preciso curar os males e nunca vingá-los”. (Napoleão III)

Compartilhar: