Grávidas e crianças devem evitar atum, recomenda levantamento

Revista especializada colocou o peixe em grupo com maior concentração de mercúrio

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A revista Consumer Reports fez um novo levantamento sobre segurança no consumo de frutos do mar. A nova pesquisa levantou uma questão entre as mulheres grávidas: exposição ao mercúrio. “Estamos preocupados com o atum enlatado, que é um dos alimentos consumidos mais comumente nos Estados Unidos. Encorajamos as mulheres grávidas a evitar todo o atum”, disse Jean Halloran, diretor da instituição, apontando para os altos níveis de mercúrio encontrados em animais marinhos.

Embora o artigo faça o alerta principalmente para grávidas e crianças, o estudo ainda aponta que o problema pode atingir todos que consumirem quantidades elevadas do alimento. Adultos que comem mais 680 gramas de frutos do mar por semana devem evitar este grupos de alimentos que podem conter altas quantidades de mercúrio, explica o texto, citando o sushi de atum como um deles.

No entanto, a publicação explica que há 20 tipo de frutos do mar que podem ser ingeridos por crianças e grávidas várias vezes por semana sem a mesma preocupação. A pesquisa encontrou baixos níveis de mercúrio no salmão, vieiras, camarrão, caranguejo, truta, linguado e tilápia.

Peixes frutos do mar são ricos em ômega-3, ácidos graxos saudáveis e outrs nutrientes em geral. Porém, o contato frequente com mercúrio pode trazer danos ao cérebro e sistema nervoso.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade