Gustavo Carvalho alerta sobre crise na UERN e apela por investimentos‏

O parlamentar criticou o governo pelo não investimento no ensino superior

Foto: João Gilberto
Foto: João Gilberto

A crise na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), foi novamente citada em plenário. O deputado Gustavo Carvalho (PROS) criticou o governo pelo que classificou de “decisão gradativa” de fechamento da universidade. Gustavo Carvalho afirmou que a decisão do governo vai de encontro às expectativas da sociedade civil.

“Fui abordado por inúmeros jovens e pais. Os estudantes inclusive farão um abaixo-assinado contra essa decisão. A UERN hoje oferece a oportunidade de ingresso em quatro cursos e enquanto os estudantes sonham com uma oferta ainda maior de novos cursos, novas possibilidades, o que estamos vendo na prática é a perspectiva de extinção do núcleo”, disse.

O parlamentar criticou o governo pelo não investimento no ensino superior. Contou que foi procurado pelas lideranças, por pais e pelos próprios alunos que cursam e pelos que sonham em cursar nível superior e fez um apelo ao governo e ao atual reitor para que a decisão seja reconsiderada.

“Há um processo de mobilização. É inadmissível que não se tenha a sensibilidade de observar que a prioridade seria a educação. O governo não deveria cuidar apenas da permanência do que já existe, mas da ampliação dos cursos superiores”, disse.

Gustavo Carvalho fez um apelo para que o governo e reitor reconsiderem a decisão em prol dos alunos de Alexandria, Nova Cruz, Santa Cruz, Areia Branca, Umarizal, Caraúbas, Apodi, João Câmara, Macau, São Miguel e Touros.

Compartilhar:
    Publicidade