Governo do Estado gastará mais 30 milhões para concluir obras da Arena das Dunas

Juntos, instalação de cadeiras e estruturas custará mais de R$ 30 milhões ao Governo do Estado

Arquibancada-Arena-das-Dunas-JA

Carolina Souza

acw.souza@gmail.com

De hoje a trinta dias a capital potiguar começará a receber turistas de todos os locais do país e de outras nações que assistirão aos jogos da Copa do Mundo. Setores do comércio e da hotelaria são, talvez, os únicos que estão prontos com antecedência para receber o público que virá à Natal, tendo em vista que tais segmentos não precisam realizar grandes investimentos estruturais. Em âmbito nacional, o Estado se vangloria do fato do estádio Arena das Dunas estar completamente pronto para sediar os jogos da primeira etapa do mundial. Entretanto, ainda precisam ser concluídas as instalações das 10 mil cadeiras móveis e das estruturas temporárias, para atender as exigências da FIFA.

Segundo a assessoria da Secopa-RN (Secretaria Extraordinária para Assuntos da Copa), a conclusão da instalação da arquibancada móvel – que confere o aumento da capacidade do estádio de 30 mil para pouco mais de 40 mil torcedores – está prevista para o final do mês de maio. A respeito da instalação das estruturas temporárias, a assessoria não soube informar a previsão. Essas estruturas temporárias são compostas por contêineres, tendas, geradores de energia, zonas de hospitalidade e centro de mídia, dentre outras obrigações.

A Arena das Dunas foi entregue pronta, oficialmente, no dia 22 de janeiro deste ano. O último evento teste da FIFA para o mundial em Natal ocorreu no último dia 3 de maio, onde estiveram em campo os times do ABC e do América. Assim, se for considerar o funcionamento de todas as estruturas necessárias, a primeira partida em que a Arena das Dunas será testada com sua capacidade máxima e com todos os setores liberados para o público, será mesmo no dia 13 de junho, entre México e Camarões, na primeira fase da Copa do Mundo.

O Governo do Estado realizou uma licitação para o aluguel e a montagem das arquibancadas provisórias no início de abril, pagando cerca de R$ 10 milhões à empresa vencedora para que a obra fosse entregue até o dia 1º de maio, o que não ocorreu. Já a respeito das estruturas temporárias, a locação, instalação, montagem e desmontagem dos objetos que servirão para os quatro jogos do mundial em Natal irá custar pouco mais R$ 20 milhões aos cofres estaduais.

 

Prolongamento da

Prudente de Morais

As obras da Avenida Prefeito Omar O´Grady, mais conhecida como prolongamento da Prudente de Morais, também estão com o prazo de conclusão para o final de maio. A obra, que se arrasta desde 2007 (gestão da ex-governadora Wilma de Faria), foi incluída entre os projetos de mobilidade urbana em andamento para a Copa do Mundo, sendo um dos acessos a serem utilizados pela população para a Arena das Dunas. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RN) chegou a dar um prazo de conclusão até dezembro de 2013.

Nesta segunda-feira (12) está agendada uma visita da governadora Rosalba Ciarlini e do diretor geral do DER, Demétrio Torres no local da obra. Na oportunidade, as autoridades farão a liberação de uma das duas faixas da obra do prolongamento, entre o conjunto Cidade Satélite e a BR-101. Na faixa que será liberada, o fluxo de veículos ocorrerá em sentido de mão e contramão, utilizando uma pista em cada sentido. A outra faixa, com mais duas pistas, será aberta ao trânsito no final do mês.

Compartilhar:
    Publicidade