Henrique Alves amplia conversas e entendimentos com partidos nanicos

No encontro, o deputado Henrique Eduardo afirmou ao líder do PSL que se o PMDB eleger o governador este ano o candidato do partido não disputará a reeleição em 2018

Araken Farias poderá ser candidato a governador dos pequenos partidos no RN. Foto: Divulgação
Araken Farias poderá ser candidato a governador dos pequenos partidos no RN. Foto: Divulgação

O deputado Henrique Eduardo, pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado nas eleições deste ano, pretende conquistar os partidos, PSL, PHS, PSDC, PEN, PRP, PMN, PTC e PV, para uma composição política com vistas as eleições deste ano, daí ter tido um encontro recentemente com o também pré-candidato a governador pelo PSL, Araken Farias, líder do grupo, que vem articulando uma aliança política na chapa proporcional, além do apoio a Araken Farias na chapa majoritária. “O deputado Henrique Eduardo expôs a proposta de governo do PMDB que é a reconstrução do Rio Grande do Norte e nós estamos analisando para uma posterior decisão”, disse o pré-candidato.

Araken Farias informou que os partidos acima citados estão unidos na chapa proporcional e até 4 de abril será decidido se manterá a candidatura a governador ou apoiará outra candidatura que poderá ser a do PMDB. Ele disse ainda, que caso sua candidatura seja retirada os partidos poderão reivindicar a participação na chapa majoritária indicando uma suplência de senador, por exemplo. No encontro, o deputado Henrique Eduardo afirmou ao líder do PSL que se o PMDB eleger o governador este ano o candidato do partido não disputará a reeleição em 2018.

Presente ao encontro, o presidente do PSDC, Joanilson de Paula Rêgo reconheceu a maturidade como o deputado Henrique Eduardo vem se comportando à frente das conversações do PMDB sobre sucessão estadual. “Henrique está se comportando como um estadista”, disse Joanilson de Paula Rêgo. (JP)

Compartilhar:
    Publicidade