Henrique Alves e Garibaldi Filho continuam ouvindo os diretórios do PMDB

Henrique Alves assinalou que a cada nova rodada de conversações com as lideranças peemedebistas do Rio Grande do Norte fica ainda mais convicto quanto às dificuldades que o Estado atravessa e à necessidade de ser buscada uma fórmula de trabalho que preserve a unidade política que fortaleça os pleitos potiguares

O presidente estadual do PMDB, Henrique Eduardo Alves, e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho, realizaram neste sábado, 15, mais uma rodada de audiências com lideranças municipais do partido. Foto:Divulgação
O presidente estadual do PMDB, Henrique Eduardo Alves, e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho, realizaram neste sábado, 15, mais uma rodada de audiências com lideranças municipais do partido. Foto:Divulgação

O presidente estadual do PMDB, Henrique Eduardo Alves, e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho, realizaram neste sábado, 15, mais uma rodada de audiências com lideranças municipais do partido. Em pauta, a discussão em torno de uma candidatura própria do PMDB ao Governo do Estado e o leque de alianças a ser formalizado para o pleito deste ano. As reuniões foram realizadas na sede do PMDB com a participação de representações de 28 municípios, presentes também os deputados estaduais Hermano Morais e Gustavo Fernandes.

“Ficou evidente o entendimento generalizado das nossas lideranças municipais quanto à responsabilidade do PMDB apresentar um candidato próprio ao governo do Estado”, afirmou Henrique. Durante ele recebeu representantes do PROS, entre eles, o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta e o também deputado estadual Raimundo Fernandes.

Henrique Alves assinalou que a cada nova rodada de conversações com as lideranças peemedebistas do Rio Grande do Norte fica ainda mais convicto quanto às dificuldades que o Estado atravessa e à necessidade de ser buscada uma fórmula de trabalho que preserve a unidade política que fortaleça os pleitos potiguares.

“Sentimos em todos os nossos companheiros a disposição de enfrentar a batalha eleitoral sem que isso comprometa a capacidade política que o Rio Grande do Norte precisa ter na defesa dos seus interesses maiores. O deputado lembrou que a direção do partido sente-se revigorada com o reforço que recebe das bases e disse que o seu objetivo é chegar a definições quanto a candidatos, coligações e projeto de governo que sejam construídas pela contribuição de todos; não uma imposição da cúpula partidária.

Virada de página

Para Henrique, apesar das dificuldades administrativas que todos reconhecem, o momento atual é dos mais promissores pelo volume de obras em execução. “São obras fundamentais, decisivas e que, certamente, marcam uma virada de página no processo do nosso desenvolvimento, especialmente na possibilidade que estamos procurando construir de gerar oportunidades de trabalho para a nossa juventude”, afirmou.

Entre as obras citadas pelo deputado como capazes de mudar a fisionomia econômica potiguar estão o Aeroporto Internacional Aluizio Alves, em São Gonçalo, a barragem de Oiticica, e o perímetro irrigado da Chapada do Apodi.

Presenças

As reuniões deste sábado tiveram a participação de representações dos municípios de Arês, Bodó, Carnaúbas, Florânia, Ielmo Marinho, Japi, Lagoa Nova, Parnamirim, Patu, Pau dos Ferros, Pedro Velho, Riachuelo, Tangará, Boa Saúde, Caiçara do Norte, Canguaretama, Itajá, Janduís, João Câmara, Campestre, Caiçara do Rio dos Ventos, Montanhas, Serra Negra do Norte, Upanema, Tibau e Tibau do Sul.

 

Compartilhar:
    Publicidade