Hermano Morais rebate críticas de José Dias sobre a adesão de Gesane

É importante ressaltar que após desistir da candidatura à reeleição, Gesane Marinho anunciou nesta semana que vai trabalhar, na capital, para o deputado Hermano Morais, e no interior, de Ricardo Motta (PROS)

67U67U6U67U

O deputado Hermano Morais, do PMDB, afirmou que as declarações do deputado José Dias publicadas recentemente n´ O Jornal de Hoje foram “injustas e indelicadas” e que o parlamentar do PSD não está sabendo respeitar a decisão de uma deputada que ele sempre elogiou e que tem todo o direito de mudar de partido. Hermano Morais refere-se à insinuações do deputado José Dias afirmando que a deputada Gesane Marinho, do PSD, havia desistido de disputar a reeleição por dinheiro que teria sido oferecido por Henrique Eduardo, pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado.

Dizendo lamentar a decisão de Gesane de não ser candidata à reeleição, segundo Hermano, “por ter sido obrigada a mudar de posição com relação à sucessão estadual em razão do isolamento ao qual foi submetida dentro do seu partido”, Hermano Morais, entende ser natural que a deputada, que segundo ele, tem destacada atuação política na Região Agreste do Estado, decida apoiar o pré-candidato do PMDB, Henrique Eduardo Alves. “O apoio de Gesane é importante para contribuir com o futuro do Rio Grande do Norte”, ressaltou Hermano Morais, dizendo ainda, que “José Dias deve desculpas a deputada Gesane Marinho”.

Sobre críticas de determinados setores políticos de que existe um “acordão” envolvendo vários partidos em apoio à candidatura de Henrique Eduardo, o deputado Hermano Morais afirmou: “o que existe é uma convergência de vários partidos em favor de um novo momento para o Rio Grande do Norte. O sentimento é de que Henrique Eduardo é a melhor opção para governar o Estado”, disse ele, lembrando que “as críticas partem de adversários sem argumentos nem propostas concretas para governar o RN”. Com relação ao item rejeição, o deputado Hermano Morais, que é candidato à reeleição nas eleições de outubro, entende ser um processo natural de desgaste da classe política verificado em todas as candidaturas, e que será atenuada com o decorrer da campanha eleitoral

APOIO

É importante ressaltar que após desistir da candidatura à reeleição, Gesane Marinho anunciou nesta semana que vai trabalhar, na capital, para o deputado Hermano Morais, e no interior, de Ricardo Motta (PROS).

Compartilhar:
    Publicidade