Héverton, protagonista do ‘caso Lusa’, decide se aposentar aos 28 anos

Jogador estava no Paysandu e anunciou nesta segunda-feira a saída do futebol

Héverton, nos tempos de Portuguesa. Foto: Divulgação
Héverton, nos tempos de Portuguesa. Foto: Divulgação

Protagonista do caso que resultou no rebaixamento da Portuguesa na Série A-2013, o meia Héverton, que estava no Paysandu, decidiu se aposentar. O jogador, de 28 anos, fez o comunicado à diretoria do Papão nesta segunda-feira.

Héverton, que tinha contrato com o time paraense até o fim do ano, foi escalado de forma irregular pela Lusa na última rodada do Brasileirão. Com isso, o time paulista perdeu quatro pontos no STJD e acabou empurrando o Fluminense para fora da zona do rebaixamento.

“A conversa com ele foi rápida. Coisa de 10 minutos. Tentei convencê-lo de ficar, pelo menos até o final da Copa Verde, que é no dia 20 de abril. Mas ele estava decidido já. Lamentamos muito. É uma perda importante para o time”, comentou o presidente do Paysandu, Vandick Lima, que vê a confusão na Justiça como um fator motivador para a aposentadoria:

“Ele não falou isso, mas imagino que esse imbróglio tenha a ver. Toda vez que tem matéria sobre o assunto, a foto é dele. Foi chamado ao Ministério Público”.

Héverton acumulou passagens por Corinthians, Atlético-PR e Vitória, por exemplo. Vandick ainda ressalta que o jogador estava adaptado a Belém.

“Ele estava com a mulher e a filha aqui. O pai passou uns dias por aqui. Isso não foi o problema”, completou.

Foto: Lancenet

Compartilhar: