Hexa pode render R$ 1 milhão a cada jogador do Brasil

Premiação terá como base dinheiro repassado pela Fifa à seleção campeã

Jogadores brasileiros têm um motivo a mais para correr nos jogos. Foto: Divulgação
Jogadores brasileiros têm um motivo a mais para correr nos jogos. Foto: Divulgação

O valor ainda não está totalmente fechado, mas o hexacampeonato mundial poderá render um prêmio de mais de R$ 1 milhão para cada jogador da seleção brasileira. A premiação terá como base o dinheiro a ser repassado pela Fifa à seleção campeã mundial em 2014 – US$ 35 milhões, equivalentes a R$ 77,7 milhões. A tendência é que 60% dessa quantia seja repassada aos atletas e membros da comissão técnica, caso o Brasil levante a taça.

A premiação vem sendo discutida há cerca de dois meses. O presidente da CBF, José Maria Marin, já fez alguns contatos com o zagueiro Thiago Silva, capitão da equipe nacional e líder dos jogadores na questão da premiação. É bem grande a possibilidade de o acordo girar em torno dos 60% do valor que será entregue pela Fifa à entidade em caso de título, ou seja, R$ 46,6 milhões. Se esse valor fosse dividido igualmente entre os 45 integrantes da delegação, daria R$ 1,03 milhão para cada um.

No entanto, a tendência é de que 60% desse valor fiquem para os jogadores e para o técnico Luiz Felipe Scolari e o coordenador Carlos Alberto Parreira. Se essa hipótese prevalecer, a conta bancária de cada um deles receberia o reforço de R$ 1,116 milhão.

Há algumas semanas, Marin disse estar otimista sobre um acordo rápido e tranquilo. “Se há uma coisa que não se preocupa nessa Copa é a premiação. Já conversei sobre isso com o Thiago Silva e ele gostou do que foi proposto. Os jogadores estão mais interessados em conquistar o título”, disse.

Como a convocação definitiva para a Copa ocorreu 19 dias atrás e apenas nesta segunda-feira os jogadores se reencontraram – e nas últimas duas semanas boa parte delas estava mais preocupada com os títulos que disputavam por seus clubes -, o tema premiação será retomado agora. Thiago já revelou que o acordo do valor a ser divido entre as partes está muito bem encaminhado.

A Fifa aumentou em 37% a premiação em comparação com a Copa de 2010, disputada na África do Sul. No total, a entidade distribuirá no Brasil US$ 573 milhões, cerca de R$ 1,272 bilhão.

Fonte: R7

Compartilhar: