Hexacampeonato renderá quase meio milhão para cada jogador brasileiro

Caso a Seleção conquiste o título, a CBF não deverá ter problemas no pagamento do prêmio

Seleção Brasileira. Foto: Divulgação
Seleção Brasileira. Foto: Divulgação

A seleção brasileira recebeu uma boa notícia neste sábado (05). Segundo o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, a premiação da Amarelinha em caso da conquista do hexacampeonato já está definida e deverá superar os R$ 350 mil a cada atleta, determinado em 2010 pela entidade.

Após ter participado do encontro com o Comitê Executivo da Fifa, em Zurique, na Suíça, Marin dirigiu-se para Paris, onde encontrou-se com o capitão da Seleção, Thiago Silva, e conversou sobre os valores.

“Eu aproveitei a nossa ida a Zurique para conversar com o nosso capitão (Thiago Silva). Eu sou adepto da hierarquia. O que é a hierarquia? Quem se reporta ao presidente da confederação é o Felipe (Scolari), mas algumas vezes é legal sentir o pensamento do jogador. E nada melhor para medir a expectativa dos jogadores do que o seu capitão. E eu posso adiantar a você que, dentro dessa conversa, que já tinha sido transmitida ao Luiz Felipe e ele naturalmente o fez para toda equipe, é que toda a premiação para a Copa está decidida”, disse Marin.

“Não existe nenhuma discussão, dúvida, barreira entre a diretoria e a comissão técnica e os atletas da seleção. Um perfeito entendimento. Todos unidos pelo objetivo em comum: o comprometimento de dar essa alegria ao povo brasileiro. Nada mais resta a ser tratado”, afirmou o mandatário.

Caso a Seleção conquiste o título, a CBF não deverá ter problemas no pagamento do prêmio. Isso porque a Confederação deverá possuir uma receita que passe dos R$ 300 milhões, já que apresenta uma quantidade maior de patrocinadores que da Copa disputada na África do Sul.

Fonte: Yahoo

Compartilhar:
    Publicidade