Homem dado como morto é retirado de saco fúnebre com vida

Paciente de Hospital na região metropolitana de Salvador ficou duas horas no necrotério

Valdelúcio ficou duas horas no necrotério. Foto: Divulgação
Valdelúcio ficou duas horas no necrotério. Foto: Divulgação

Um homem dado como morto foi retirado com vida de dentro de um saco fúnebre em um hospital de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador. Familiares de Valdelúcio de Oliveira, de 54 anos, disseram que ele passou duas horas no saco. Após o caso, os parentes do paciente querem transferir o paciente de hospital ainda nesta segunda-feira (25).

Um tio de Oliveira foi quem identificou o erro. Ao entrar no necrotério, ele viu o saco fúnebre se mexer. A família, que já havia comprado o caixão e dado entrada nos trâmites para o velório e sepultamento, tem o atestado de óbito lavrado pelo hospital comprovando a morte do paciente no quarto.

Oliveira foi diagnosticado, há três meses, com câncer avançado. A causa de sua morte foi registrada como falência múltipla de órgãos.

Fonte: R7

Compartilhar: