Homem decapita colega de trabalho e tenta matar irmã da vítima

O motivo seria um suposto roubo de documentos

Ceará ainda teria dado risada depois de decapitar Alves. Foto: Divulgação
Ceará ainda teria dado risada depois de decapitar Alves. Foto: Divulgação

Um homem matou o colega de trabalho com nove golpes de facão e decapitou a vítima em Pouso Alegre, no sul de Minas Gerais. Luzivaldo Santos, conhecido como Ceará, acabou preso. Ele também morava com Agenor Alves em uma república, além de ambos serem funcionários de um açougue. O agressor ainda tentou matar a irmã de Alves.

O motivo é um suposto roubo de documentos, de acordo com o criminoso.

“Só queria encontrar meus documentos. Não me entregaram meus documentos de jeito nenhum. Foi a irmã dele que pegou”.

A Polícia Civil informou que, segundo relatos de uma testemunha, ele também queria jogar óleo quente em um outro funcionário do açougue, que estava dando risada. O criminoso alega que foi um momento de raiva.

Fonte: R7

Compartilhar: