Homem experimenta placenta da mulher: ‘gosto sangrento e metálico’

Nick Baines comeu a placenta em duas versões: crua como smoothie e cozida com tacos

Nick Baines sempre quis saber qual seria o gosto da placenta. Foto: Divulgação
Nick Baines sempre quis saber qual seria o gosto da placenta. Foto: Divulgação

A ideia de comer carne humana pode ser absurda para a maioria das pessoas, no entanto, para Nick Baines, que escreve sobre viagens e gastronomia para diversos veículos, pareceu apetitosa. Ele contou ao The Guardian que comeu a placenta de sua esposa em duas versões: crua como smoothie e cozida com tacos. As informações são do Daily Mail.

Segundo Baines, ele decidiu viver a experiência porque queria saber qual seria o gosto desde quando ele e sua esposa começaram a discutir a ideia de ter um bebê. “Conforme eu temperava, o vermelho brilhante da placenta se tornava mais atraente do que muitas miudezas de carne com que já lidei e parecia muito apetitoso. A carne era rica, de qualidade e suave”, disse.

Baines ainda contou que é muito curioso quando o assunto é carne e que não queria deixar escapar esta oportunidade. No entanto, admite que a ideia se tornou menos atraente quando ele viu a placenta recém-removida. No fim, em vez de levar toda a “peça”, Baines deixou o hospital com apenas “alguns bifes”.

No dia seguinte, enquanto a esposa ainda estava no hospital, ele misturou algumas partes da placenta crua e fez um smoothie. “No começo, era um sabor distinto de banana, que foi substituído por uma nota de fundo sangrenta e metálica. O gosto era exatamente igual ao cheiro da sala de parto”, contou. Se a versão crua não agradou tanto, Baines revela que gostou bastante da placenta cozida e servida com tacos, alho e páprica.

Fonte: Terra

Compartilhar: