Homem mais velho do mundo morre aos 111 anos de idade na Itália

Arturo Licata estava a uma semana de completar 112 anos

Ele deixa sete filhos, oito netos e quatro bisnetos. Foto: Divulgação
Ele deixa sete filhos, oito netos e quatro bisnetos. Foto: Divulgação

Um homem classificado pelo Guinness World Records como o mais velho do mundo morreu aos 111 anos na Itália. Arturo Licata, que ganhou o título em 28 de fevereiro de 2014, estava a uma semana de completar 112 anos.

Licata nasceu em 2 de maio 1902 em Castrogiovanni, atual Enna. Com 9 anos, ele foi trabalhar em minas e, em 1921, aos 19 anos, ele se alistou no exército italiano. Após o serviço militar, o recordista teve uma carreira de sucesso no mundo dos negócios. Ele deixa sete filhos, oito netos e quatro bisnetos. Sua esposa Rosa faleceu em 1980, quando o idoso tinha 78 anos.

Atualmente, a recordista mundial do título tem 115 anos. A japonesa Misao Okawa do Japão é reconhecida pelo Guinness como a pessoa mais velha do mundo. Ela nasceu em 5 de março de 1898 e vive em Osaka.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade