Homem que matou e queimou namorada pega 15 anos de prisão

Ele não se conformou com fim do relacionamento; crime aconteceu em 2010, em Guarulhos

Marcela da Silva Xavier foi morta e queimada pelo ex-namorado. Crime aconteceu em 2010. Foto: Divulgação
Marcela da Silva Xavier foi morta e queimada pelo ex-namorado. Crime aconteceu em 2010. Foto: Divulgação

Paulo Roberto Brandão Alves foi condenado a 15 anos de prisão pela morte da ex-namorada, Marcela da Silva Xavier, na época com 15 anos. O crime aconteceu entre os dias 8 e 9 de junho de 2010, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O corpo da vítima foi queimado. O julgamento foi realizado na terça-feira (25).

Segundo o MP (Ministério Público), Alves matou a vítima porque ela havia terminado o namoro. Marcela foi assassinada com vários tiros. Em seguida, o corpo dela foi levado até a estrada que liga Guarulhos à cidade de Nazaré Paulista, colocado no meio de pneus e queimado. O corpo ficou destruído. O corpo de Marcela foi descoberto no mesmo dia em que foi encontrado o corpo da advogada Mércia Nakashima, também morta pelo namorado em Guarulhos. Os jurados condenaram Paulo Roberto Brandão por homicídio duplamente qualificado — motivo torpe e por meio que dificultou a defesa da vítima — e também pelo crime de destruição e ocultação de cadáver.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade