Homem urina sangue e descobre ser uma mulher que estava menstruando

Ele é, inclusive, casado e está surpreso ao descobrir que tem útero e ovário; O caso intriga a imprensa chinesa

54y45y4wq

Um homem, identificado apenas como Chen para proteger sua identidade, chegou ao hospital sentindo fortes dores no estômago, além de estar eliminando sangue em sua urina.

Os médicos do hospital em Yongkang, na China, confirmaram a descoberta de que o sangue não era derivado de uma hemorragia ou infecção e sim de uma menstruação. Chen era uma mulher e não um homem, como ele pensava.

Foi solicitado exames de tomografia computadorizada, onde ficou claro a existência de um útero e dois ovários.

“Ele tinha o cabelo curto, vestia roupas masculinas. Nós não sabíamos que ele era uma mulher quando chegou”, declarou oficialmente a equipe médica em entrevista ao jornal Global Times.

Chen sofre da chamada Síndrome Adrenogenital. A condição impede a formação correta dos órgãos genitais e afeta outras características de gênero.

Os médicos disseram que seu “problema” pode ser completamente tratável usando suplementos hormonais.

Aparentemente, Chen não absorveu o impacto de saber que era mulher após ter 10 anos de casamento. Ele ainda declarou que nunca teve problemas para ter relações íntimas com sua esposa.

O Global Times não revelou se Chen pretende continuar com sua figura masculina.

O problema é causado, basicamente, pela deficiência, total ou parcial, de determinadas enzimas que são responsáveis pela síntese de substâncias da glândula supra-renal. Estima-se que em torno de 90% dos pacientes com o problema, exista a falta da enzima 21-hidroxilase.

Mulheres que sofrem da síndrome, apresentam genitália “masculinizada”, com aspecto atípico, assemelhando-se com a de um homem. O clitóris sofre um considerável aumento, ganhando o formato de um pênis.

Além disso, existe a formação de pelos faciais, nas axilas, no púbis, pode surgir acne e a massa muscular fica mais forte e tonificada.

No caso de Chen, a síndrome pode ter se manifestado de forma muito acentuada, tornando seu clitóris um pênis “funcional”, que o confundiu por toda a vida.

 

 

Fonte: KRMG Foto: Reprodução / KRMG

Compartilhar:
    Publicidade