Homicida preso após troca de tiros com a PC pode ter executado PM

O assassinato também teria sido cometido por encomenda, mas a motivação está sendo investigada

João_Paulo_Gomes_de_Araújo,_de_22_anos

Policiais civis da Delegacia de Macaíba prenderam no final da tarde desta segunda-feira (12) um homem identificado como João Paulo Gomes de Araújo, de 22 anos, suspeito de vários homicídios naquele município, um destes contra um comerciante conhecido como “Galego do Leite”, crime ocorrido em setembro do ano passado. Na ocasião da prisão, o acusado reagiu efetuando disparos contra a equipe da Polícia Civil, que revidou. Um dos tiros atingiu o preso nas nádegas. Ele foi socorrido, passou por cirurgia e está internado no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, mas não corre risco de morte.

De acordo com o delegado Normando Feitosa, João Paulo teria sido contratado para matar o comerciante. “Suspeitamos que a esposa da vítima tenha mandado matar o marido por uma disputa de herança, no entanto o caso ainda está sendo investigado”, explicou. A prisão do acusado aconteceu numa localidade chamada Tapará, em Macaíba, por força de um mandado de prisão preventiva. Com ele foi apreendido um revólver calibre 32 e uma moto roubada.

João Paulo é apontado também como autor de outros homicídios e suspeito de praticar assaltos. Ele já havia sido preso anteriormente por tráfico de drogas e roubo.

Morte de PM

Além desses crimes, o preso João Paulo Gomes também é suspeito de assassinar o soldado da Polícia Militar, Marcos Matias da Silva, crime ocorrido em janeiro de 2013, na cidade de Macaíba. O assassinato também teria sido cometido por encomenda, mas a motivação está sendo investigada. Outro suspeito de ter praticado esse crime também já foi identificado, mas sua identidade não foi revelada para não atrapalhar as investigações.

Compartilhar:
    Publicidade