Hospital Varela Santiago participa de Campanha de Vacinação Contra HPV

O Hospital Infantil Varela Santiago está participando da campanha e disponibiliza a vacina de segunda à sexta-feira, das 7h às 13h

hrthrtthtvacCom o tema “Cada menina é de um jeito, mas todas precisam de proteção”, foi iniciada semana passada a primeira etapa da Campanha de Vacinação contra o Papiloma Vírus Humano (HPV), principal causador do câncer no colo de útero. A campanha é direcionada para meninas de 11 a 13 anos.

O Hospital Infantil Varela Santiago está participando da campanha e disponibiliza a vacina de segunda à sexta-feira, das 7h às 13h. A manutenção da sala de vacinação do hospital faz parte do trabalho de responsabilidade social do Grupo Vila.

É importante ressaltar que para conseguir uma proteção completa é necessário tomar três doses da vacina. A segunda dose deverá ser tomada seis meses após a primeira. A última será aplicada cinco anos depois da primeira dose. A expectativa é atingir 64 mil meninas em todo o Rio Grande do Norte.

HPV

A vacina contra o HPV foi incluída no calendário de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS) este ano. Em 2015, a imunização passa a ser oferecida para as adolescentes de 9 a 11 anos e, em 2016, às meninas que completam nove anos. Com isso, o Brasil, em apenas dois anos, protegerá a faixa etária (meninas de 9 a 13 anos) que melhor se beneficia da proteção da vacina.

A vacina utilizada é a quadrivalente, que confere proteção contra quatro subtipos (6, 11, 16 e 18) do HPV, dos quais dois (subtipos 16 e 18) são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer de colo do útero em todo mundo. Usada como estratégia de saúde pública em 51 países, a quadrivalente é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e tem eficácia de 98% contra o vírus HPV.

A vacinação é o primeiro de uma série de cuidados que a mulher deve adotar para a prevenção do HPV e do câncer do colo do útero. Ela não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais. O Ministério da Saúde orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo, o Papanicolau, a cada três anos, após dois exames anuais consecutivos negativos.

Grupo Vila

Com 65 anos de atuação no mercado funerário nordestino, o Grupo Vila é uma empresa norte-rio-grandense que se destaca por sua tradição, solidez e dedicação. Atuando em todo o Rio Grande do Norte e em várias regiões da Paraíba e de Pernambuco, a empresa busca oferecer serviços de excelência e diferenciados aos seus clientes, primando pelo cuidado com os detalhes, o acolhimento e a segurança. São mais de 30 empreendimentos entre Funerárias, Centrais de Velório, Cemitérios, Crematórios e Plano Funeral, clientes ativos em mais de 170 cidades do país e mais de 600 mil vidas protegidas.

Compartilhar:
    Publicidade