Ibope aponta vitória de Henrique Alves logo no 1° turno com 250 mil votos de maioria

Pesquisa realizada entre 25 e 27 de agosto revela vantagem de 12% do candidato do PMDB contra Robinson

Henrique Alves venceria no primeiro turno se a eleição fosse hoje, com base nos números do Ibope. Foto: Wellington Rocha
Henrique Alves venceria no primeiro turno se a eleição fosse hoje, com base nos números do Ibope. Foto: Wellington Rocha

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves(PMDB) será eleito governador do Rio Grande do Norte no primeiro turno. É o que aponta a Pesquisa Ibope realizada entre os dias 25 e 27 de agosto. Henrique lidera com 7% a mais que a soma de todos os outros concorrentes, o que define a disputa eleitoral no dia 5 de outubro. No confronto direto com o segundo lugar, Henrique está 12 pontos à frente do vice-governador Robinson Faria (PSD): 40% a 28%.

Em números absolutos, considerado o total de votantes no Estado, a maioria de Henrique sobre Robinson já ultrapassa 250 mil votos. O levantamento aponta que Simone Dutra(PSTU) e Robério Paulino(PSOL), atingem dois por cento, cada um, enquanto Araken Farias(PSL), obteve 1%. Brancos e nulos totalizaram 17% e 10% disseram que não sabem em quem irão votar ou não responderam.

Henrique é primeiro lugar em todas as pesquisas divulgadas no Rio Grande do Norte no período eleitoral. O Ibope também mostra a consolidação da expectativa de vitória do candidato do PMDB. Na opinião de 50% das pessoas, Henrique será governador, independente do voto de cada uma, enquanto o vice-governador Robinson Faria ficou 23% das indicações. Robério Paulino e Simone Dutra tiveram 1% e Araken Farias não foi citado neste quesito.

Na pesquisa espontânea, aquela em que o eleitor responde em quem vota sem apresentação da lista de candidatos, Henrique vence com 21% contra 14% do vice-governador Robinson Faria e 1% de Robério Paulino. Outros candidatos, sem menção específica (1%). Brancos e nulos foram 14% e 48% disseram não saber ou não responderam. Na pergunta com a relação dos concorrentes, a pesquisa estimulada, que ocorre depois da espontânea, Henrique bate Robinson por 40% a 28%.

O Ibope também perguntou em quem o eleitor não votaria “de jeito nenhum” para governador. Os percentuais foram os seguintes: Henrique Alves( 29%), Araken Farias(28%), Robinson Faria(26%), Simone Dutra(22%), poderia votar em todos(18%), não sabe ou não respondeu(17%).

Os principais problemas do Estado, segundo o Ibope, são a saúde pública, para 37% dos entrevistados, a segurança, para 18%, e a educação, com 16% de menções. O desemprego e a falta de abastecimento d’água receberam 6% das indicações dos entrevistados.

Na disputa para o Senado, o Ibope registrou empate técnico entre a ex-governadora Wilma de Faria(PSB) e a deputada federal Fátima Bezerra(PT). Wilma atingiu 35% contra 34% de Fátima Bezerra. Com dois pontos percentuais ficaram Ana Célia(PSTU) e Roberto Ronconi(PSL) e Lailson Bezerra(PSOL) obteve 1 por cento. Brancos e nulos somaram 17% e 9% não sabem em quem votar ou não responderam.

Na pesquisa espontânea, Wilma de Faria foi citada por 16% dos entrevistados e Fátima Bezerra por 15%. Um por cento foi o índice de quem preferiu “outros candidatos”, sem especificar. Brancos e nulos totalizaram 15% e 53% não responderam ou declararam não saber em quem votar para o Senado. A pergunta espontânea antecede à estimulada, que revelou o empate técnico(35% a 34%).

Para Presidente da República, Dilma Rousseff(PT) está na dianteira com 34%. A ex-senadora Marina Silva(PSB) chegou aos 16% e ocupa o segundo lugar. O senador Aécio Neves(PSDB) tem 6% dos votos no Rio Grande do Norte. Outros candidatos ficaram com 1%, brancos e nulos somaram 11% e 33% se dividiram entre os que não sabem ou não quiseram dizer em quem vão votar.

O Ibope avaliou ainda o desempenho da governadora Rosalba Ciarlini(DEM). Ela é reprovada por 80% da população e aprovada por 13%. Sete por cento não responderam. O nível de confiança de Rosalba também foi medido. De acordo com o Ibope, 81% não confiam na governadora, que merece a confiança de 13%. Não emitiram opinião, seis por cento dos entrevistados.

A administração de Rosalba é considerada ótima para 2% dos entrevistados, boa para 4%, regular para 22%, ruim para 14% e péssima para 55%. O índice dos que não emitiram opinião foi de 3%. A pesquisa Ibope ouviu 812 pessoas entre os dias 25 e 27 de agosto com margem de erro de 3% para mais ou para menos e nível de confiança de 95%. O levantamento, contratado pela Intertv/Cabugi, está registrado no Tribunal Regional Eleitoral(TRE), pelo protocolo RN-00016/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral(TSE) sob o número BR-00441/2014.

Lideranças políticas opinam sobre resultado da pesquisa

Joaquim Pinheiro

Repórter de Política

O resultado da última pesquisa de opinião pública para o Governo do Estado e Senado, mostrando 12 pontos percentuais de vantagem do candidato do PMDB, Henrique Eduardo sobre seu opositor, vice-governador Robinson Faria, do PSD, e um empate técnico entre a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, do PSB, e Fátima Bezerra, do PT, foi comentado por lideranças dos sistemas políticos que apresentaram os candidatos, situacionistas e oposicionistas. A deputada Sandra Rosado, do PSB, entende que a apenas um mês da eleição o resultado é satisfatório. “Henrique Eduardo vem se mantendo na dianteira e consolidando sua vitória, enquanto Wilma de Faria, que apresenta um empate técnico com a adversária tem tudo para crescer, já que tem serviços prestados ao Rio Grande do Norte e deverá ser a futura senadora”, observa.

Sandra Rosado, que disputa a reeleição este ano, mostra-se otimista para conquistar mais um mandato de deputada federal por entender que seu trabalho está sendo reconhecido pelo povo do Rio Grande do Norte. Referindo-se ao pleito presidencial, a deputada mossoroense entende existir um sentimento de mudança no Brasil atualmente e isso pode levar Marina Silva ao sucesso eleitoral no pleito de outubro. “Marina tem impressionado o povo brasileiro pela sua inteligência e competência”, ressalta a parlamentar, considerada uma das mais atuantes do Congresso Nacional.

De acordo com o deputado petista, Fernando Mineiro, candidato à reeleição, as pesquisas estão mostrando o crescimento das candidaturas do vice-governador, Robinson Faria, do PSD, e da deputada Fátima Bezerra, do PT, para o Governo do Estado e Senado, respectivamente. “Henrique tem a mesma intenção de voto do ano passado”, constata, acrescentando: “À medida que Robinson vem sendo conhecido e considerado uma alternativa ao acordão, a campanha cresce e não será decidida por WO”, disse ele. Para o parlamentar do PT, os programas eleitorais também vão ajudar no fator conhecimento do candidato Robinson Faria.

Ao analisar o pleito presidencial, Fernando Mineiro reconhece a mudança do quadro sucessório após o acidente que vitimou Eduardo Campos, segundo ele, provocando uma superexposição de Marina Silva, o que considera natural. Ele entende que o candidato do PSDB, Aécio Neves está fora do 2º turno, que no caso será disputado por Dilma Rousseff e Marina Silva , com a acriana recebendo o apoio de Aécio Neves.

Compartilhar: