Ídolo dos EUA, Lalas chega ao Rio e vibra: “ainda não fui roubado”

“Há bares a cada 100m na Praia de Copacabana", escreveu o jogador no seu twitter

Alexi Lalas posou com a Praia de Copacaban ao fundo, mas depois apagou a postagem polêmica. Foto: Divulgação
Alexi Lalas posou com a Praia de Copacaban ao fundo, mas depois apagou a postagem polêmica. Foto: Divulgação

Ex-zagueiro da seleção americana e integrante do Hall da Fama do futebol nos Estados Unidos, Alexi Lalas desembarcou nesta terça-feira no Rio de Janeiro para acompanhar a Copa do Mundo. Ele trabalhará como comentarista durante o Mundial e, enquanto o torneio não começa, faz uma espécie de “diário de viagem” em sua página no Twitter.

Assim que aterrissou em solo brasileiro, Lalas elogiou o aeroporto internacional do Galeão, no Rio de Janeiro. “O aeroporto do Rio foi mais rápido e fácil que nos Estados Unidos. Aterrissamos, passamos pela alfândega e pegamos nossas malas em um total de 32 minutos”, afirmou.

Depois, porém, o jogador da histórica seleção dos EUA que disputou o Mundial de 1994 fez um comentário irônico. E de gosto um tanto quanto duvidoso. “Dia 1 no Rio. Ainda não fui roubado nem tive meus órgãos internos colhidos”, escreveu, para, depois de cerca de uma hora, apagar a mensagem.

Antes disto, entretanto, os internautas tiveram tempo para responder o ex-zagueiro. “Mesmo se isto acontecesse, essa vista valeria a pena”, postou um americano, referindo-se à paisagem da foto de Lalas, em Copacabana. “Eles vão fazer isto e, em seguida, dizer que você não tem coragem de cobrir a Copa do Mundo”, escreveu outro.

Lalas ainda postou que está “procurando o seu espírito no Rio” e que “trouxe filtro solar”. Além disto, elogiou a quantidade de bares que encontrou durante um passeio pela orla de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

“Há bares a cada 100m na Praia de Copacabana. Enquanto eu corro, eu posso vê-los brilhando como sirenes luminosas me guiando para casa. Me desculpem por tantos posts. A Copa do Mundo me deixa empolgado. A Copa do Mundo no Brasil me deixa mais empolgado ainda”, exaltou.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade