Idosa diz que escapou de ser estuprada por neto graças ao facão

Homem nega as acusações e diz que foi acordado com a avó o atingindo

Avó conseguiu atingir o neto com golpes na mão, perna e orelha. Foto: Reprodução/Record
Avó conseguiu atingir o neto com golpes na mão, perna e orelha. Foto: Reprodução/Record

Um homem foi preso depois de ser acusado de tentar estuprar a própria avó de 71 anos,  no povoado de Pedra, em Ribeira do Pombal, localizado a 271 km de Salvador. De acordo com o delegado do município, Equiber Santos, o suspeito Raimundo Fagner Conceição do Nascimento, 25 anos, aproveitou que estava sozinho em casa com a idosa, a agarrou e tirou a calcinha da idosa enquanto ela estava na cama dormindo.

Durante a briga corporal, Maria José Bispo dos Santos conseguiu escapar e pegou um facão. Durante a ação, a avó conseguiu atingir o neto com golpes na mão, perna e orelha.

— Lutei, lutei, lutei, chamei por Deus, me sacudia. Peguei o facão e cortei. Sem dó, sem pena, por que eu levantei cega de raiva.

O neto negou as acusações e diz que voltou para casa com a avó, os dois tinham bebido, a colocou para dormir e foi para a cozinha comer. Depois deitou na rede e foi acordado com a idosa gritando e o atacando com um facão.

— Uma avó é uma segunda mãe para mim.

Ainda de acordo com o delegado, no momento em que a mulher era atacada, ela gritou e uma vizinha chegou para socorrê-la. A idosa conseguiu pegar o facão e atacou o neto mais de uma vez.

— Ela pegou um facão, na zona rural é comum ter um facão atrás da porta, e o atingiu.

A testemunha viu o homem fugindo pela janela.

 

Fonte: R7

Compartilhar: