IMPEACHMENT

O pedido de Impeachment entregue hoje na Assembleia pelo MARCCO, vai estabelecer de que lado estão os deputados estaduais. Afinal,…

O pedido de Impeachment entregue hoje na Assembleia pelo MARCCO, vai estabelecer de que lado estão os deputados estaduais. Afinal, o MARCCO é um movimento sério, apartidário e integrado por entidades e instituições de grande respeitabilidade, como Associação dos magistrados, Associação do Ministério Público, TCE, Polícia Federal, TCU, MP junto ao TCE, entre outros.

IMPEACHMENT II

Portanto, um movimento integrado por essas instituições, não iria apresentar um pedido de Impeachment que não tivesse o devido fundamento jurídico e o amparo legal. Caberá a Assembleia dizer se ficará ao lado de Rosalba ou da sociedade civil organizada, representada corajosamente pelo MARCCO.

DÚVIDA

Quem fez e faz oposição a Rosalba, tem a oportunidade de materializar sua posição na votação do Impeachment. Ou será que era tudo jogo de cena? Saberemos a partir do momento em que o processo começar a tramitar na Assembleia. Se é que isso vai acontecer. A ausência do presidente da Assembleia no momento da entrega do pedido de Impeachment, não é um bom sinal. Pelo menos para a sociedade.

PARTIDOS

Grande curiosidade de como será o posicionamento do PMDB e do PSB na votação do Impeachment. Os partidos que formaram chapa para fazer oposição a Rosalba na campanha, vão efetivar o discurso ou farão encenação por puro oportunismo político? Tudo que for feito nesse processo, poderá ser usado contra o discurso dos partidos na eleição.

PREFEITA

A viagem de Carlos Eduardo serviu também para mostrar que a cidade pode realmente ficar sem prefeito. Não faz tanta falta assim. Afinal, o titular vai para o exterior, a substituta se esconde, o presidente da Câmara também e a Justiça faz papel de boba procurando quem não quer ser encontrado.

DESCULPA

Pior do que a vacância é o festival de baboseira com suposto amparo jurídico dito pelo povo de Carlos Eduardo e de Wilma. Dizem que não há necessidade de substituição porque o prefeito continua no cargo, mesmo que esteja em outro continente. Quanta idiotice.

SURPRESA

O fato é que o prefeito Carlos Eduardo pegou todo mundo de surpresa com sua viagem internacional. Não avisou a sua vice sequer que iria viajar. Afinal, vice é vice. Mas fez o certo quanto ao comunicado oficial à Câmara. De resto, deixou também uma leve suspeita de que poderia ter jogado uma grande casca de banana para Wilma; uma armadilha que pode ter pego a Guerreira.

INTERDIÇÕES

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal consegue se superar em matéria de incompetência. Nem um desvio consegue fazer de forma correta. As interdições e os desvios da área próxima ao Sebrae e nas proximidades do viaduto do Baldo, reforçam o quanto a turma só consegue fazer o pior para a população.

MUDANÇA

Segundo informações que circulam no mercado financeiro internacional, a presidente Dilma Rousseff poderá alegar problema de saúde para não concorrer à reeleição. Em seu lugar, assumiria a candidatura o ex-presidente Lula, que teria como vice, o pernambucano Eduardo Campos, do PSB. Será?

JUDICIALIZAÇÃO

Eleição é uma disputa; como tal, tem que ter regras; quem desobedece a essas normas, deve ser punido. Caso contrário, não haveria necessidade de lei ou de alguém para disciplinar os participantes. A força do poder ou do dinheiro seria suficiente para estabelecer o vitorioso. Será que é isso é que alguns querem quando criticam a ‘judicialização’ do pleito em Mossoró?

MOSSORÓ

A capital do Oeste tem juízes e promotores competentes e destemidos. Tiveram coragem de impor a força da lei, diante do império da lei da força, tradicionalmente utilizado pelas correntes políticas que se sucedem na cidade. Por conta disso, são perseguidos e criticados. Os que não têm coragem de criticar diretamente a Justiça Eleitoral, terminam fazendo críticas à judicialização, como se a busca pela Justiça não fosse o caminho certo.

FAMÍLIA

Neste sábado, 26, acontece o XV Encontro da Família Maia, na sede campestre da Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte (AMARN). É a quinta vez que o encontro acontece em Natal. A festa lembrará o centenário de João Agripino Maia, ex-governador da Paraíba. A expectativa é a de integrantes dos Maia de diversas regiões do país marquem presença no evento. Pulseiras com entradas estão sendo vendidas na Girassol Veículos, Hospital Promater e Nossa Moto Yamaha. O amigo Otávio Maia está na organização.

Compartilhar: