A importância da disputa

A história política do Rio Grande do Norte está aí para contar. Uma eleição é composta sempre por vencedores e…

A história política do Rio Grande do Norte está aí para contar. Uma eleição é composta sempre por vencedores e derrotados, mas ambos têm sido igualmente importantes para o decorrer do processo político e para o crescimento do Estado, seja em relação a democracia ou tendo em vista o desenvolvimento econômico potiguar.

Foi assim nos áureos tempos da disputa entre Aluízio Alves e Dinarte Mariz, sucedidos por José Agripino e Garibaldi Filho, tendo este último ainda protagonizado outra ferrenha eleição contra Wilma de Faria, mais uma herdeira do dinartismo. A luta é uma marca inerente as campanhas eleitorais do Estado. E há de ser assim também em 2014.

Apesar da clara tentativa do deputado federal Henrique Alves de se candidatar sem maiores adversários, o povo potiguar tem o direito de ter, sim, uma opção para debater, apresentar propostas diferentes e, se quiser, também acusar. É aí que mora a importância da presença do vice-governador Robinson Faria no pleito.

Apesar do favoritismo henriquista, muito mais devido a seu poderio político, financeiro e midiático do que por suas qualidades próprias, o duelo com Robinson tem todas as características de mais uma disputa acirrada. O atual vice não aceitará facilmente uma derrota nas urnas, até porque não está acostumado com ela.

Robinson lutará a luta dos bons. Tem se preparado para debater os problemas do Estado e tem um nível intelectual praticamente igual ao de Henrique Alves, do alto do seu conhecimento adquirido em 44 anos de Câmara Federal. É um embate que será decidido em detalhes, como sempre ocorre nas eleições do RN.

O fato é que o povo potiguar não pode abrir mão da disputa pelo seu governo, mecanismo essencial para se identificar o melhor caminho a ser tomado. É na comparação entre as opções que se chega a uma posição. E é por isso que a participação de Robinson é fundamental para o futuro político do Estado, e dele também.

TRIO DA CEI

O presidente da Câmara Municipal, Albert Dickson, anuncia na segunda-feira (14) a formação da Comissão Especial de Inquérito (CEI), que investigará a questão da bilhetagem eletrônica unificada. Serão três membros. A presidência ficará com o vereador de oposição ao prefeito Carlos Eduardo, Hugo Manso (PT). O relator é o autor da proposta da CEI, George Câmara (PCdoB). Já o vice-presidente será Aroldo Alves (PSDB).

PREFEITO VAI FALAR

A formação da CEI já foi, inclusive, comunicada ao prefeito Carlos Eduardo, que decidiu convidar todos os vereadores e membros do MP para uma reunião às 17 horas da próxima segunda, no Palácio Felipe Camarão. O gestor explicará o que foi feito até agora para tirar a lei do papel, principal foco da comissão.

SOB SUSPEITA

O Ministério Público Estadual decidiu abrir inquérito civil para investiguar suposta ausência de avaliação de preços dos serviços e bens a serem licitados para estruturas temporárias para a Copa do Mundo. “À semelhança do que ocorreu com licitações nas sedes da Copa das Confederações de 2013”, completa a portaria publicada no Diário Oficial.

ESCLARECIMENTOS

O MP também convocou o titular do DER, Demétrio Torres, a comparecer na sede da Promotoria do Patrimônio Público, às 10 horas do próximo dia 24, para prestar esclarecimentos sobre o processo. Além disso, também requisitou a Secretaria Especial da Copa do Mundo, do qual Demétrio também é o responsável, por enviar todos os documentos relacionados a contratação dos serviços sob suspeita.

BEBIDA LIBERADA

A governadora Rosalba Ciarlini sancionou projeto de lei apresentado pelo deputado José Adécio, sobre a comercialização e o consumo de bebidas alcóolicas nos estádios e arenas esportivas. Agora, está autorizada a venda até duas horas antes de começar a partida e é preciso terminar até uma hora após a conclusão do evento. Também será preciso utilizar apenas copos plásticos para consumir o produto.

AUSÊNCIA

O prefeito Carlos Eduardo Alves não terá o seu líder na Câmara Municipal, na semana decisiva para o início dos trabalhos da CEI da bilhetagem eletrônica. Júlio Protásio vai se licenciar da Casa para se submeter a uma cirurgia de vesícula. O problema vai retirar o líder de ação pelas próximas duas semanas. Até lá, o presidente da Casa, Albert Dickson, conduzirá as votações.

NEGÓCIOS

As empresas que trabalham com o setor eletrônico já começam a abastecer as prateleiras para aproveitar a procura por novos equipamentos de TV durante a Copa do Mundo. A mesma coisa nas lojas de camisas e uniformes esportivos, recheados de produtos em verde e amarelo. Com a Copa do Mundo sendo realizada no país, a expectativa é que a procura seja ainda maior do que em mundiais anteriores.

MARKETING

O Norte Shopping está entre os destaques da primeira edição da Revista Partage, publicação voltada para alguns empreendimentos do grupo de mesmo nome que atua em vários Estados do país. Sobre o shopping potiguar pertencente ao Partage, hoje com oito unidades espalhadas pelo Brasil, as matérias abordam sustentabilidade, economia e lazer.

GIRA MUNDO

A Jaraguá Equipamentos Industriais LTDA recebeu R$ 43,1 milhões do governo federal entre 2009 e 2014, de acordo com levantamento realizado pelo Contas Abertas. A empresa é suspeita de financiar esquema operado pelo doleiro Alberto Youssef para distribuição de dinheiro a políticos e partidos da base aliada do governo. Os repasses são referentes à reconstrução da plataforma de lançamento do Veículo Lançador de Satélites em Alcântara, no Maranhão. Coincidentemente, a empresa doou R$ 3 milhões ao diretório nacional PT durante a campanha de 2010, ano em que a Jaraguá recebeu mais da metade (R$ 23,2 milhões) dos recursos previstos. Em 2011 e 2012, a empresa doou mais R$ 2 milhões ao partido, segundo o TSE.

Compartilhar:
    Publicidade