Imprensa nacional apura as dez cassações e a permanência no cargo da prefeita de Mossoró

A Folha de São Paulo preparou hoje uma reportagem narrando o fato e classificando a gestora como "Highlander" da política.

Cláudia e seu vice já foram cassados dez vezes. Foto: Divulgação
Cláudia e seu vice já foram cassados dez vezes. Foto: Divulgação

O inferno astral e jurídico vivido pela prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, cassada dez vezes pela Justiça Eleitoral e afastada em alguns casos, começa a ganhar destaque na mídia nacional. A Folha de São Paulo preparou hoje uma reportagem narrando o fato e classificando a gestora como “Highlander” da política.

Confira, abaixo, a reportagem da Folha:

“Como uma espécie de “Highlander” da política, a prefeita de Mossoró (RN), Cláudia Regina (DEM), teve o mandato cassado dez vezes pela Justiça Eleitoral somente neste ano, mas vem se mantendo no cargo.

A última decisão contra a prefeita apontou prática de caixa dois na campanha de 2012. A exemplo do que ocorre nos demais processos, ela recorre da decisão –sem deixar o posto.
As outras cassações se deram por abuso de poder econômico e político.

As acusações incluem o uso de servidores da prefeitura na campanha e o suposto benefício obtido com as 85 visitas a Mossoró da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) durante o período eleitoral, feitas em avião do governo.

Cláudia Regina e seu vice, Wellington de Carvalho (PMDB), chegaram a ser afastados dos cargos por três vezes, mas conseguiram recuperar os respectivos mandatos por meio de liminares (decisões provisórias).

Hoje, respondem a sete ações no Tribunal Regional Eleitoral do RN.

O Ministério Público já deu parecer sobre todas as ações que estão no TRE. “Em apenas um dos casos a Procuradoria foi contra a cassação”, disse o procurador regional eleitoral, Paulo Duarte.

A maior parte das acusações contra a prefeita partiu da coligação que enfrentou Cláudia Regina em 2012, que reúne siglas como PSB e PT.

Mossoró é a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte. Localizada a 277 km de Natal, é também base de vários líderes políticos do Estado –como a própria governadora, Rosalba, que administrou a cidade por três mandatos.

OUTRO LADO

Segundo o advogado de Cláudia Regina, Sanderson Mafra, várias ações contra ela partem de acusações semelhantes; por isso, tantas condenações. Mafra diz que a prefeita é inocente de todas elas.

Sobre o uso do avião pela governadora, disse que Rosalba Ciarlini cumpriu agenda oficial. Com relação à participação de servidores na campanha da prefeita, afirmou que todos estavam de folga quando participaram de atividades eleitorais”.

 

Compartilhar:
    • ANCHIETA VIDAL

      já vi gente descarada mas igual ao tal do mafra ainda não tinha visto que diabo a rosalba vinha fazer em mossoró se não tinha nem uma obra como não tem até hoje que agenda vinha cumpri a agenda dela era chegar aqui e prometer tudo e que até agora não se viu nada do que foi prometido quem deveria ir pra fora era a rosalba porque até agora ninguem sabe o que ela faz no governo a não ser fechar escolas hospitais postos de saude postos policias isto sim ela esta fazendo e muito bem.