Instalado no aeroporto o Centro de Cão de Faro da Receita Federal

O CCF tem a sua disposição um cão de faro da raça Pastor Alemão com dois anos e meio de idade

Cadela chega hoje ao aeroporto para ajudar na fiscalização. Foto: José Aldenir
Cadela chega hoje ao aeroporto para ajudar na fiscalização. Foto: José Aldenir

A Delegacia da Receita Federal em Natal reforçou as Equipes de Fiscalização Aduaneira que atuarão no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante durante o período de realização da Copa do Mundo de 2014.

O reforço está sendo garantido por oito Equipes trabalhando em regime de 24 horas e compostas, cada uma, por Auditor Fiscal, Analistas Tributários e Servidores Administrativos, com atuação na fiscalização das aeronaves em voos executivos realizada na pista do aeródromo e no terminal de desembarque de voos internacionais.

Além de mobilizar, ao total, 32 Servidores lotados na Delegacia de Natal e em outras Unidades da Receita Federal, o reforço conta com uma Equipe K-9, que atua nas fiscalizações de carga e bagagem com o apoio da cadela Naja.

A equipe K9 é responsável pela execução das atividades atribuídas ao recém-instalado Centro de Cão de Faro da Delegacia da Receita Federal em Natal – DRF/NAT/CCF-K9.

O CCF tem a sua disposição um cão de faro da raça Pastor Alemão com dois anos e meio de idade.

A cadela Naja, como fora batizada pela Equipe RFB responsável pela formação dos Centros de Cão de Faro, foi uma das que receberam melhor pontuação no último curso, ocorrido entre os meses de março e abril, no Centro Nacional de Cão de Faro – CNCF da Receita Federal, sediado na cidade de Vitória/ES. O curso foi estruturado para formar equipes K9 para atuação nas cidades que foram escolhidas para sediar jogos da Copa do Mundo 2014.

Sua intensa disposição para atuar ao lado do seu Condutor, o Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, Rildo Carlos, é o que confere à cadela Naja especial característica para atuar como cão de faro. Sempre pronta para “brincar”, ela supera a capacidade esperada para animais de sua espécie.

O canil que abrigará a cadela está sendo construído no Aeroporto Internacional de Natal e, enquanto não é concluído, o canil do BOPE foi gentilmente cedido pelo Comando da Polícia Militar do Rio Grande do Norte para servir de hospedagem à Naja.

O Centro de Cão de Faro da Delegacia da Receita Federal em Natal é o 25º de um projeto da Receita Federal para a instalação de 100 CCFs em suas Unidades Aduaneiras até o final de 2015.

Compartilhar: