Ipem-RN verifica balanças do Augusto Severo e sete apresentam irregulares

As três balanças utilizadas no terminal de cargas da empresa TAM Linhas Aéreas foram reprovadas

Todas as balanças da TAM foram reprovadas. Foto:Divulgação
Todas as balanças da TAM foram reprovadas. Foto:Divulgação

Na manhã desta terça-feira (21), o Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem-RN) realizou uma operação de fiscalização nas balanças utilizadas no Aeroporto Internacional Augusto Severo. Dos 47 instrumentos do aeroporto, entre os localizados nos guichês de check-in, terminais de carga e restaurantes a peso da praça de alimentação, sete apresentaram irregularidades.

As três balanças utilizadas no terminal de cargas da empresa TAM Linhas Aéreas foram reprovadas. “Uma das balanças estava com visor danificado, e todas elas estavam em local inadequado. Além disso, um dos instrumentos estava oscilando, o que faz com que não seja possível determinar o valor exato da carga”, explica a coordenadora operacional do Ipem-RN, Rosângela Ramalho.

“Em um período em que é grande o movimento nos aeroportos, é importante garantir que os passageiros não sejam prejudicados quando despacharem seus pertences, tendo, às vezes, que pagar por um excesso de bagagem que não existe”, explica o diretor do Ipem-RN, Carlson Gomes. Ele lembra que a verificação periódica é obrigatória. “Balanças devem ser verificadas ao menos uma vez ao ano, e devem ter o selo do Inmetro, assim como o lacre, que garante que o equipamento não foi alterado”.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) é a responsável pela manutenção e monitoramento das balanças localizadas nos guichês dos aeroportos do País. Como não houve irregularidades referentes à pesagem nos guichês, a Infraero foi apenas orientada a corrigir as falhas. Já no caso das balanças do terminal de cargas, como foi detectada uma diferença na pesagem em um dos equipamentos, a TAM Linhas Aéreas será autuada e responderá a processo administrativo.

Em caso de suspeita de irregularidade, o consumidor pode denunciar ao Ipem-RN através do e-mail ouvidoria-ipem@rn.gov.br ou ainda pelo 0800-281-4054. A ligação é gratuita e todas as denúncias são apuradas.

Compartilhar:
    Publicidade