Irmão é despejado por Luma de Oliveira e critica: “Déspota”

Mem de Oliveira foi obrigado a deixar apartamento que ganhou de presente, mas continuava no nome de Luma de Oliveira

Mem de Oliveira trabalhou com Luma por 27 anos e rompeu com a irmã em março deste ano. Foto: Reprodução
Mem de Oliveira trabalhou com Luma por 27 anos e rompeu com a irmã em março deste ano. Foto: Reprodução

Mem de Oliveira, irmão de Luma de Oliveira, deixou na terça-feira (26) o apartamento onde morava no Rio de Janeiro, um dia antes da ordem de despejo expedida pela Justiça. O imóvel, segundo ele, foi um presente da irmã, mas continuava no nome dela.

Em seu perfil no Facebook, Mem desabafou e criticou a atitude de Luma. “Para todos os meus amigos que me apoiam e conhecem, estamos juntos e obrigado… E os da família que têm medo da déspota, eu entendo também e dedico essa canção da minha amiga Roberta Miranda. Apesar de tudo, continuo feliz”, escreveu ele ao postar um vídeo da canção “A Majestade, o Sabiá”.

Pouco antes da postagem, ele havia escrito: “Estou indo embora para um lugar todinho meu”, uma lembrança a um trecho da canção.

Mem de Oliveira recebeu dezenas de mensagens de apoio de amigos e comentou uma delas, uma passagem da Bíblia que diz que “nem tudo são perdas, algumas coisas são livramento”. “Tenho certeza disso. Eu sei que estou tirando um estorvo da minha estrada…”, escreveu Mem.

Em sua postagem mais recente, ele postou uma foto da mãe com a frase: “Estou vendo tudo”.

Mem de Oliveira foi empresário de Luma por 27 anos e os dois romperam no início deste ano. Ela então pediu o apartamento de volta e ele, em contrapartida, reivindica o pagamento de R$ 3 milhões por serviços prestados. Os processos correm em segredo de Justiça e nenhum dos dois comenta o assunto.

Fonte: IG

Compartilhar:
    Publicidade