Irmãos gêmeos nascem com 5 dias de intervalo depois de parto raro

As crianças, que em breve comemorarão o segundo ano de vida, nasceram em apenas 24 semanas de gestação

Axel e Alfie Perkins são gêmeos, mas nasceram com 5 dias de intervalo. Foto: Divulgação
Axel e Alfie Perkins são gêmeos, mas nasceram com 5 dias de intervalo. Foto: Divulgação

Os irmãos gêmeos Axel e Alfie Perkins passaram meses juntos na barriga da mãe, mas não compartilham o mesmo dia de aniversário. Isso porque os bebês nasceram de um parto raro, com 5 dias de intervalo.

As crianças, que em breve comemoram o segundo ano de vida, nasceram em apenas 24 semanas de gestação após a mãe, Emma Day, entrar em trabalho de parto prematuramente.

Mas, após dar à luz a Axel, um médico disse que a placenta dela ainda estava presa, o que impediu a chegada de Alfie no mesmo momento.

“Eu tive que esperar mais de cinco dias antes de entrar em trabalho de parto novamente. Desci para ir até a incubadora de Axel, enquanto ainda estava grávida de Alfie. Foi tão estranho estar lá com meu filho recém-nascido, enquanto eu ainda estava grávida,” disse a mulher.

Axel nasceu no dia 19 de julho de 2012 e necessitou de tratamentos de emergência para se manter vivo. Alfie veio ao mundo no dia 24 de julho.

Semanas após o nascimento, Emma e seu companheiro, Tom Perkins, de 27 anos, foram avisados que Axel poderia não sobreviver. O casal de Barwell em Leicestershire, ficou chocado com a notícia, mas nunca perdeu a esperança.

Emma disse: “Quando eu digo às pessoas que os nossos gêmeos nasceram com cinco dias de diferença, elas se surpreendem. Não é algo que você ouve todos os dias.”

A mãe contou que os bebês são muito amorosos um com o outro. Axel ainda precisa continuar o tratamento com esteróides, além de ter que passar por uma cirurgia ocular a laser e duas operações para corrigir hérnias.

Alfie nasceu mais forte do que seu irmão, mas ainda necessita de cuidados extras também. Apesar de tudo, as duas crianças estão se recuperando com saúde do parto raro.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade