Italiano e uruguaios começam a chegar em Natal para a última partida no Arena

Jornalistas italianos aguardavam a seleção do país, desde cedo, em frente ao hotel

Uruguaios-chegam-em-Natal-para-jogos-da-Copa-WR

Carolina Souza

Acw.souza@gmail.com

O último jogo da Copa do Mundo que o estádio Arena das Dunas irá receber já está sendo uma das mais cobiçadas partidas da primeira rodada do campeonato. As seleções da Itália e Uruguai, que se enfrentarão na próxima terça-feira (24), às 13h, já se preparam para o grande momento, que será decisivo para ambos os times: eles irão disputar apenas uma vaga para as oitavas de final. Quem perder estará fora da Copa do Mundo.

A seleção da Itália chegou à Natal na noite de sexta-feira (20), “às escondidas”. A chegada dos jogadores e comissão técnica foi prestigiada apenas por profissionais da imprensa. Na manhã deste sábado (21), a imprensa italiana foi vista em frente ao Hotel Pestana, na Via Costeira, onde os italianos estão hospedados. Derrotada na partida contra a Costa Rica, 1 a 0, a Itália precisa de um empate no jogo diante do Uruguai para se classificar.

Hoje a tetracampeã mundial ‘Azzurra’ realizou treino aberto no estádio Frasqueirão, que permitiu a entrada gratuita de 10 mil torcedores. A seleção do Uruguai só desembarcará em Natal neste domingo (22). A chegada do vôo está prevista para 18h45. Enquanto isso, os jogadores treinam na cidade de Sete Lagoas, em Minas Gerais, em busca da vitória contra a Itália.

Fotos: Wellington Rocha
Fotos: Wellington Rocha

As seleções da Itália e do Uruguai farão o reconhecimento de campo na segunda-feira, véspera do jogo. Enquanto o grande dia não chega, os torcedores que já estão ocupando a capital potiguar começam a apresentar suas expectativas. Na Praia de Ponta Negra, um grupo de 21 uruguaios acredita que o jogo será de muita emoção.

“Sabemos que será um jogo muito difícil, mas a vitória não é impossível. Um placar de 1 x 0 para o Uruguai, com gol de Cavani, seria um sonho”, disse o comerciante uruguaio Francisco Cuchi, que chegou à Natal na noite de sexta-feira. Esse grupo de turistas uruguaios, como diversos outros torcedores da seleção, veio acompanhando o time desde o primeiro jogo.

“Fomos à Fortaleza, São Paulo, e agora Natal. Esperamos que essa linda cidade nos dê muita sorte”, disse Francisco. Em conversa com a reportagem, Cuchi contou que a esposa tem descendência Italiana e dupla nacionalidade por morar no Uruguai. “Eu até poderia conseguir a nacionalidade Italiana, mas não quero de jeito nenhum. Agora então é que essa nacionalidade não vai me valer de nada. Para não dar azar, deixei até a esposa em casa”, brincou.

Para os animados turistas, uma final de Copa do Mundo entre Brasil e Uruguai, que é bicampeã mundial, seria “mística”. “Mas vamos primeiro ganhar da Itália para começar a pensar no Brasil. Enquanto isso, ficamos admirando as belezas do Brasil e imaginando mais esse sonho”, afirmou Francisco Cuchi.

Compartilhar:
    Publicidade