Jack Johnson implementará medidas ecológicas para apresentação no Chile

No final da turnê, que tem 44 shows programados, artista escolherá os três melhores recintos verdes

No final da turnê, que tem 44 shows programados, artista escolherá os três melhores recintos verdes. Foto: Divulgação
No final da turnê, que tem 44 shows programados, artista escolherá os três melhores recintos verdes. Foto: Divulgação

O músico Jack Johnson, que se apresentará no Rio, São Paulo e Florianópolis – nos dias 13, 14 e 15 de março respectivamente – implementará uma série de medidas ecológicas para reduzir o impacto ambiental de seu show em Santiago do Chile no próximo dia 5 de março.

Com objetivo de reduzir o impacto ambiental de sua turnê, o artista, que gravou seu quinto disco em um estúdio alimentado com energia solar, pediu um “backstage” verde com comida só de agricultores locais, assinalou a produtora.

O espetáculo do cantor hawaiano também servirá para impulsionar um novo sistema de compartilhamento veículo, o chamado “carpool” (carona solidária), no qual os fãs que utilizarem essa iniciativa terão vagas de estacionamento reservadas.

Além da famosa carona, Jack Johnson também incentivará o uso do transporte público e as bicicletas, tento em vista que serão instalados pontos de fornecimento de água gratuitos para que os frequentadores possam recarregar suas garrafinhas.

Para reduzir o lixo gerado e fomentar a reciclagem, também haverá contêineres adequados para reciclar devidamente os lixos rotulados.

Apesar de ser inevitável o uso de geradores, Jack Johnson usará diesel combustível diesel de baixo sulfureto, que é menos contaminante, assinalou a produtora do show.

Aliado a redução das emissões de dióxido de carbono, o artista colaborará com diversas ONGs chilenas, como a Reflorestemos, a Patagônia ou Save the Waves.

No final da turnê, que tem 44 shows programados em cidades da América e Europa, o artista ainda escolherá os três melhores recintos verdes.

Compartilhar:
    Publicidade