Jair Lourenço explica Claudinha Gadelha fora do TUF e comenta estreia

Claudinha tem investido tempo no treinamento de outras modalidades desde que migrou para o MMA

Claudinha-em-ensaio-sensual-hoje-na-Rede-TV_1

O The Ultimate Fighter 20 vai coroar sua vencedora como a primeira campeã peso palha da história do UFC. Entretanto, a estreia oficial da nova categoria do Ultimate acontece na próxima quarta feira na luta entre a brasileira Claudinha Gadelha e Tina Lahdemaki no Fight Night em Atlantic City. Em entrevista exclusiva ao PVT, o treinador de Claudinha, Jair Lourenço explicou a decisão da lutadora de não participar do reality, abrindo mão do cinturão inaugural da divisão.

“A Claudinha perde um bom peso e, como no TUF os atletas fazem muitas lutas em um período curto de tempo, achamos que não seria saudável para ela entrar agora nesse sistema para essa categoria”.

Com as finais do TUF 20 acontecendo nos meses finais de 2014, o treinador comentou a possibilidade e a expectativa de que uma vitória em sua estreia na organização e a manuntenção da invencibilidade da lutadora na carreira, que já dura 11 lutas possam tornar Claudinha a primeira desafiante ao título da divisão.

“Pode ser que sim, mas a maior pretensão no momento é a de vencer na estreia. Não vejo sentido pensar em título antes de vencer a primeira luta. Quando isso acontecer, aí sim vamos focar no próximo passo”.

Especialista no jiu jitsu e tricampeã mundial na modalidade, Claudinha tem investido tempo no treinamento de outras modalidades desde que migrou para o MMA, em 2008, tendo conseguido, inclusive, seus dois primeiros nocautes nas últimas três lutas realizadas. Para Jair, a lutadora já tem um jogo completo para competir no maior evento do mundo.

“A preparação tem sido ótima, a Claudinha está treinando muito bem e inclusive levou o Felipe Medeiros, que faz um ótimo trabalho com a preparação física aqui em Natal, para fazer um trabalho conjunto com os outros técnicos lá no Rio e para dar um suporte com a perda de peso e etc. Na parte em pé, ela também está tendo um ótimo suporte fazendo o boxe com o mestre Cláudio Coelho na Nobre Arte e com o cubano Izidoro na Nova União e o muay thai com o professor Rafael Vinícius. Posso garantir que ela está evoluindo bastante e se sente cada vez mais confortável nesse quesito. O wrestling ela já vem trabalhando há um bom tempo com o Pedro, cubano que dá aula três vezes por semana na Nova União”.

 

Fonte: Portal do Vale Tudo

Compartilhar: