JH: A condenação muda seu futuro político? Rosalba: “Vamos falar de jogos e esporte?”

Na quarta e quinta-feira, a chefe do Executivo estadual desmarcou todos os compromissos oficiais e se fechou em casa

"A Justiça foi feita", afirmou a governadora, se referindo inicialmente a decisão do TRE. Foto: Divulgação
“A Justiça foi feita”, afirmou a governadora, se referindo inicialmente a decisão do TRE. Foto: Divulgação

Carolina Souza e Ciro Marques
Repórteres

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM), mesmo sem querer, rompeu o silêncio sobre a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que a afastou do cargo por ela ter usado o avião oficial do Governo do Estado para ir seguidas vezes à Mossoró participar da campanha da prefeita Cláudia Regina (DEM).

Na manhã de hoje, em evento realizado na Escola de Governo, em homenagem aos estudantes que conquistaram o “Atleta Ouro”, dos Jerns, a governadora reapareceu em um compromisso oficial depois de um “sumiço” de três dias e comentou a decisão e, claro, também, o efeito suspensivo conseguido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite de quinta-feira.
“Com muita tranquilidade e confiança na Justiça. A Justiça foi feita”, afirmou a governadora, se referindo inicialmente a decisão do TRE e, depois, ao mandado de segurança conseguido pela defesa dela no TSE. A última vez que Rosalba Ciarlini havia sido “vista” em um evento oficial foi na manhã de terça-feira, horas antes da decisão tomada pela maioria dos juízes eleitorais.

Na quarta e quinta-feira, a chefe do Executivo estadual desmarcou todos os compromissos oficiais e se fechou em casa, ou melhor, na residência oficial do governador. Só alguns secretários convidados para despachar com a governadora tiveram acesso à gestora estadual nesse período.

A imprensa, na espera de uma fala de Rosalba sobre o assunto, foi aconselhada pela assessoria de imprensa a buscar os advogados dela, porque “Rosalba não falaria sobre a decisão”. “Nós vamos continuar trabalhando. O que passou, passou. Daqui para frente, sempre mais trabalho pelo nosso Estado”, afirmou a governadora, desejando em seguida um “Feliz Natal e um ano novo de muitas realizações”, em uma das várias tentativas na manhã de hoje de desconversar quando questionada sobre a decisão do TRE.

 

ENTREVISTA

JH: Governadora, como a senhora recebeu a decisão do TRE sobre lhe afastar de seu mandato?
ROSALBA: Com muita tranquilidade e confiança na Justiça. Mas a Justiça foi feita.

JH: Ficou surpresa com a decisão do Tribunal Eleitoral?
ROSALBA: Claro que fiquei surpreendida, mas agora, agradecendo a Deus e a força dos amigos, estamos superando mais este momento.

JH: A senhora ficou aliviada com a concessão da liminar?
ROSALBA: Agora estarei com mais disposição para trabalhar pelo Rio Grande do Norte.

JH: Se sente segura para se manter no cargo?
ROSALBA: Nós vamos continuar trabalhando. O que passou, passou. Daqui para frente, sempre mais trabalho pelo nosso Estado e desejando a todos um Feliz Natal e um ano novo de muitas realizações.

JH: Nesses últimos dias a senhora se sentiu apoiada pelos seus aliados?
ROSALBA: Me senti tranquila, com a certeza de que a Justiça iria analisar e dar o seu julgamento conforme foi dado.
 
JH: Esse acontecimento muda alguma coisa no seu futuro político?
ROSALBA: Vamos falar agora dos jogos e do esporte? Os jovens estão esperando para receber as homenagens.

 

Compartilhar: