Jogador morre em campo, após ser atingido por objeto na cabeça

Albert Ebossé, de 24 anos, morreu por causa de trauma provocado por objeto atirado da arquibancada, em estádio na Argélia. Governo argelino pediu investigações

O camaronês Albert Ebossé, morto aos 24 anos, na Argélia. Foto: Divulgação
O camaronês Albert Ebossé, morto aos 24 anos, na Argélia. Foto: Divulgação

O atacante camaronês Albert Ebossé morreu neste sábado, após ter sido atingido na cabeça por um objeto atirado das arquibancadas, durante uma partida da Liga da Argélia. O jogador de 24 anos foi atingido fatalmente no fim da partida de seu clube, o JS Kabylie, contra a equipe do USM Alger, na cidade de Tizi Ouzou, na Argélia. As informações são do jornal inglês “The Guardian”.

Em comunicado oficial, o Ministério do Interior e o Governo da Argélia, por intermédio do ministro Tayeb Belaiz, deram ordens para abertura de uma investigação acerca das circunstâncias envolvendo a morte de Ebossé.

“O atleta do JSK sucumbiu a uma lesão na cabeça após ter sido atingido depois do apito final da partida contra o USM Alger”, diz trecho do comunicado.

Ebossé havia marcado um dos gols do Kabylie no jogo que terminou 2 a 1 para o seu time. De acordo com nota oficial do USM Alger, “trata-se de uma notícia terrível e muito triste para o futebol, para nosso país e para Camarões”. “A tragédia caiu como uma bomba no futebol argelino. Neste momento, enviamos nossas condolências para a família de Ebossé”.

Ebossé defendeu o Coton Sport FC, o Unisport Bafang e o Douala AC, todos de Camarões, e o Perak FA, da Malásia. Estava no JS Kabylie desde julho de 2013.

Fonte: Lancenet

Compartilhar: