Jornalista do SBT é preso por racismo ao xingar jogador de “macaco”

Durante a final do Paranaense, apresentador do SBT de Maringá teria xingado jogador do Londrina após primeiro gol na final do torneio

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um jornalista da TV Tibagi, afiliada do SBT em Maringá, no Noroeste do Paraná, foi preso neste domingo durante a final do Campeonato Paranaense, disputado entre o time da casa e o Londrina Esporte Clube (LEC), por suposto ato de racismo.

Segundo informações da rádio Banda B, de Curitiba, o apresentador Dorival Santos teria xingado o jogador Maycon Silva, do Londrina, de “macaco”, logo após ele marcar o gol que abriu o placar.

Conforme a emissora, uma repórter da rádio ouviu o xingamento e comunicou a Polícia Militar no estádio. O jornalista correu para o vestiário do Maringá, onde, segundo a PM, teria tentado esconder o colete de imprensa. Mesmo assim, foi preso.

O gol do Londrina foi marcado aos 26min do primeiro tempo. O Maringá empatou três minutos depois com Cristiano. No jogo de ida, no Estádio do Café lotado, em Londrina, domingo passado, as duas equipes não saíram do empate de 2 a 2.

A reportagem tentou contato com a emissora, mas ninguém atendeu os telefonemas.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade