Jornalista se desculpa por “polêmica nordestina” com atacante Hulk

Jornalista disse que escolheu as palavras erradas para formular a pergunta

Hulk não gostou de declaração sobre nordestinos em entrevista. Foto: Divulgação
Hulk não gostou de declaração sobre nordestinos em entrevista. Foto: Divulgação

Leonardo Baran, jornalista do canal de televisão Esporte Interativo, foi o responsável pela pergunta que deixou o atacante Hulk desconfortável em entrevista no domingo, em Teresópolis. Ele indagou o que o nordestino tinha de diferente em relação ao resto dos brasileiros e os classificou como “povo engraçado”. O paraibano Hulk não gostou e rebateu. Em seu perfil no Facebook, o repórter pediu desculpas pela polêmica.

“Minha intenção era que ele falasse sobre a ligação histórica da Seleção com o público nordestino, tradicionalmente um porto seguro para o time, seja em que momento for”, explicou Baran, arrependido. “Mas eu acabei me perdendo e escolhi palavras erradas para o que eu queria dizer. Quando disse que o nordestino é ‘engraçado’ eu queria dizer que é muito alegre”, justificou.

“Fui muito infeliz”, afirmou o repórter, que recebeu resposta “atravessada” do atacante. “Não levo por esse lado. Não fazemos graça para ninguém. É diferente porque os atletas não jogam sempre lá, mesmo de clubes do Brasil quase não jogam no Nordeste. A torcida nordestina é especial, torce com o coração. Mas dizer que é engraçado não”, afirmou.

Natural da Paraíba e com familiares ainda residindo lá, Hulk ainda aproveitou o assunto para falar sobre o preconceito sofrido pelo povo nordestino e afirmou que pretende homenagear seu estado-natal se for campeão mundial com a Seleção Brasileira.

Fonte: Terra

Compartilhar: