Jovem de 16 anos sobrevive a voo de mais de 5 horas em trem de pouso

Menino sobreviveu à escassez de oxigênio e a temperaturas congelantes

Menino teria fugido de casa, pulado a cerca do aeroporto de San José, na Califórnia, e entrado no avião. Foto: Divulgação
Menino teria fugido de casa, pulado a cerca do aeroporto de San José, na Califórnia, e entrado no avião. Foto: Divulgação

Um jovem de 16 anos sobreviveu a uma viagem de cinco horas dentro da cavidade do trem de pouso de um avião.

O adolescente foi interrogado pelo FBI pouco após o voo, que ia da Califórnia ao Havaí, ter pousado. O garoto foi submetido a um exame médico, que indicou que seu quadro era estável.

O menino teria fugido de casa, pulado a cerca do aeroporto de San José, na Califórnia, e entrado no avião.

Ele sobreviveu à escassez de oxigênio e a temperaturas congelantes quando o avião alcançou uma altura de 11,8 mil metros.

O menino teria sido notado pela tripulação na pista, pouco depois do pouso. Segundo um porta-voz do FBI, o adolescente saiu do trem de pouso e começou a andar pela pista de pouso do aeroporto de Maui, segunda maior ilha do Havaí.

“[Ele] foi excepcionalmente sortudo em estar vivo”, afirmou o porta-voz.

O único pertence que ele carregava quando o avião pousou era um pente de cabelo.

Desde o início dos registros desse tipo de caso na aviação internacional, em 1947, 96 passageiros clandestinos teriam tentado embarcar em 85 voos. Destes, 73 teriam morrido e apenas 23 sobrevivido.

Fonte: R7

Compartilhar: