Jovem de 21 anos é banida da academia por ser magra demais

A jovem americana Caitlin Millar, de 21 anos, começou a prestar atenção na saúde e percebeu que sofria de anorexia depois…

Mulheres magras demais ainda assustam. Foto:Divulgação
Mulheres magras demais ainda assustam. Foto:Divulgação

A jovem americana Caitlin Millar, de 21 anos, começou a prestar atenção na saúde e percebeu que sofria de anorexia depois que foi banida da academia que frequentava por estar magra demais. A anorexia é uma disfunção alimentar que causa perda de peso excessiva e pode levar o paciente à morte.

Um funcionário do estabelecimento da faculdade a impediu de entrar no lugar e disse que ela não poderia mais usar os aparelhos. Ele comentou ainda que várias pessoas por lá também estavam muito preocupada com a saúde da jovem. “Só percebi o quanto estava magra quando eles disseram que eu não poderia mais ir à academia”, disse Caitlin.

Em um ano, a adolescente perdeu mais de um terço de seu peso e se viu viciada em exercícios físicos e com problemas de alimentação, já que passou de 50 para 31 kg.

O problema começou aos 15 anos, quando percebeu que não tinha mais controle sobre seu corpo com a chegada da puberdade. “Eu era obcecada em ser a melhor em tudo, principalmente nos esportes da escola e, se não fosse, não estava feliz. Quando comecei a não me destacar mais, percebi que meu peso era a única coisa que conseguia controlar no meu corpo, então passei a pular refeições e malhar além da conta”, contou.

Depois de ser expulsa da academia, Caitlin procurou a ajuda de um centro especializado em anorexia e, aos poucos, começou a se alimentar e a praticar exercícios de forma moderada. Atualmente, ela voltou a pesar 50 quilos.

Fonte;Terra

Compartilhar: