Jovem é encontrada carbonizada com os pais e ex é principal suspeito

Segundo moradores, ele foi visto fugindo da casa em chamas e voltou machucado para ajudar

Após controlar incêndio, bombeiros encontraram três corpos carbonizados dentro de uma casa em Curitiba. Foto: Divulgação
Após controlar incêndio, bombeiros encontraram três corpos carbonizados dentro de uma casa em Curitiba. Foto: Divulgação

Um jovem e os pais dela foram encontrados carbonizados na madrugada desta terça-feira (13), em Moradias da Ordem, no bairro Tatuquara, em Curitiba (PR). Os vizinhos viram o ex-namorado dela fugindo da casa em chamas. Ele foi preso suspeito do triplo homicídio.

Por volta das 2h30, moradores notaram uma movimentação em uma casa na rua Milton Camargo Amorin. Eles perceberam um rapaz pulando o muro para entrar no local. Pouco depois, a casa foi tomada pelas chamas e o jovem teria fugido.

Os bombeiros foram chamados, conseguiram controlar o fogo e evitar que atingisse outras residências. Dentro do imóvel, foram encontrados três corpos carbonizados. As vítimas foram identificadas como Expedito da Silva, de 84 anos, Iraci Moreira da Silva, de 62 anos e Janaina, de 22 anos. Eles seriam pais e filha.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os moradores disseram que o jovem que teria invadido a casa seria namorado de Janaina e que,na última quinta-feira (8), ele foi expulso da casa por ter agredido a jovem. Nesta madrugada, ele teria retornado para se vingar.

O que chamou a atenção é que, após o incêndio ser controlado, foi até a residência, mancando e amparado pela mãe. Sangrando na perna e no rosto, ele disse que não sabia de nada e que ainda chegou para tentar ajudar. Ele foi detido pela PM (Polícia Militar) como principal suspeito do triplo homicídio. A perícia esteve no local para investigar a causa da morte das vítimas. Tiros foram ouvidos antes do incêndio.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade