Jovem é preso por forjar sequestro e extorquir mãe, ganhadora da Mega-Sena

Ele teria pedido dinheiro para a mãe para comprar uma casa em Várzea Paulista, onde mora há dois anos, mas ela se negou a ajudá-lo

Mãe do falso sequestrado ganhou R$ 2 milhões na mega sena acumulada. Foto:Divulgação
Mãe do falso sequestrado ganhou R$ 2 milhões na mega sena acumulada. Foto:Divulgação

Um jovem foi preso acusado de forjar o próprio sequestro para extorquir a própria mãe, uma das vencedoras do prêmio da Mega-Sena da Virada, sorteado em 31 de dezembro. Cristiano Araújo dos Santos, 22 anos, e o comparsa Wellington Santos Oliveira, 20 anos, foram presos em Várzea Paulista na sexta-feira, em uma operação conjunta das polícias civis de São Paulo e da Bahia, onde reside a mãe do jovem.

Segundo o delegado Getúlio Queiroz Leal, Cristiano soube dos R$ 2 milhões que a mãe ganhou na Mega-Sena da Virada, em um bolão que premiou 22 servidores do único hospital da cidade de Teofilândia (BA), a 199 quilômetros de Salvador. Ele teria pedido dinheiro para a mãe para comprar uma casa em Várzea Paulista, onde mora há dois anos, mas ela se negou a ajudá-lo. Ele então elaborou o falso sequestro, pedindo um resgate de R$ 300 mil.

As investigações começaram no dia 23 de janeiro, quando a ganhadora do prêmio procurou a unidade policial para comunicar o sequestro do filho. O delegado já solicitou à Justiça os mandados de prisão preventiva para os acusados, que estão presos temporariamente no Centro de Triagem de Jundiaí, no interior de São Paulo.

Fonte:Terra

Compartilhar:
    Publicidade