Jovem é sequestrado na frente da namorada e é encontrado morto

Família acredita que crime aconteceu porque ele ostentava celulares caros e roupas de grife

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um jovem de 18 anos foi sequestrado na frente da namorada no último sábado (5), na zona sul de São Paulo. Jonathan Facciolli Gomes apareceu morto com sinais de agressão. A família acredita que o crime tenha acontecido porque ele ostentava celulares caros e roupas de grife em redes sociais e, assim, chamava a atenção das mulheres.

Dois homens renderam e obrigaram Gomes a entrar no veículo. O jovem tentou se soltar quando um terceiro elemento apareceu e ajudou a colocá-lo dentro do carro e saem em disparada.

Segundo a família, no dia em que o jovem foi levado pelos criminosos, ele seguiu a rotina normal. Às 17h, saiu da casa onde mora com os pais e os irmãos para ir a uma pizzaria, na qual trabalhava como atendente.

À noite, ele e a namorada ainda foram a uma festa, mas, segundo ela, não houve nenhum confusão envolvendo o rapaz.

De origem humilde, Jonathan Facciolli Gomes gostava de ostentar celulares, óculos de grife e correntes em redes sociais, como conta o avô dele, Valdequio Rodrigues Gomes.

“Ele gostava de andar com tênis de R$ 1.500, roupa de grife”.

Ele tinha acabado de comprar esta moto com o salário da pizzaria.

O jovem foi encontrado morto com sinais de agressão em uma rua de Embu das Artes, na região metropolitana de São Paulo. A família só soube da notícia depois de procurá-lo em hospitais e necrotérios.

A polícia investiga o caso, mas o avô acredita que o jovem foi morto por causa de seus relacionamentos amorosos. Segundo os amigos, nos últimos dias, Gomes teria dito que estava sofrendo ameaças

O enterro do jovem está previsto para as 16h desta segunda-feira (7) no Cemitério Parque das Cerejeiras, no Jardim Ângela, zona sul de São Paulo.

Fonte: R7

 

 

Compartilhar: