JUSTIÇA

O corajoso juiz Herval Sampaio, que mudou a história de Mossoró ao não se render a pressões dos tradicionais grupos…

O corajoso juiz Herval Sampaio, que mudou a história de Mossoró ao não se render a pressões dos tradicionais grupos políticos locais e aplicar a legislação, vai passar um mês na condição de desembargador, em substituição ao desembargador Amaury Moura Sobrinho. Integrar a elite do Judiciário Potiguar com 39 anos não é para qualquer um.

LEITURA

Os bajuladores da governadora Rosalba Ciarlini sequer fizeram a leitura do pedido de impeachment feito pelo MARCCO e já se precipitam em afirmar que não há fundamentação jurídica. A entrevista do presidente da Associação do Ministério Público do RN, sepulta o frágil discurso dos que querem manter a Rosa no Governo.

SALDO

A semana termina com saldo positivo para o líder do prefeito na Câmara, Júlio Protásio. Apesar das sessões com ânimos acirrados, o parlamentar conseguiu, por exemplo, articular a votação de um requerimento que permite aos vereadores votar a reforma administrativa deixando sua eficácia presa ao aumento salarial dos servidores efetivos do município. Antes, uma proposta do vereador Sandro Pimentel deixaria a Casa travada, até que o reajuste fosse implantado.

SALDO II

Além disso, o líder também foi decisivo para o projeto que previa a criação do cargo de diretores das UPAs e da Secretaria de Cultura. Isso para não falar na proposta de extinção da Alimentar, Serig, Controladoria e de mais de 100 cargos comissionados. Além disso, ainda foi aprovado o polêmico aumento dos cargos comissionados. Não foi a toa que Carlos Eduardo pediu para Júlio voltar à liderança de sua gestão.

LIMPEZA

A coluna recebeu e-mail da estudante Caroline Silva: “A licitação da Urbana esta chegando ao fim, o que deveria ser motivo de alegria, é na verdade motivo de vergonha. Uma Companhia que mereceu nossos aplausos quando desclassificou as propostas com valores superiores ao previsto, e ainda visando cumprir a Lei concedeu o prazo de 08 dias para que as propostas fossem reapresentadas de forma que sanasse a causa que lhes gerou a desclassificação, dando uma segunda oportunidade para as licitantes presentes, pretende depois de todo este espetáculo de recusas de valores superiores, acatar e homologar uma licitação para duas empresas que levará do nosso Cofre Público o equivalente a R$ 833.000,000 por mês além do que havia sido previsto e aprovado pelo TCE”.

LIMPEZA II

Segue o e-mail: “Mas, qual a justificativa para aceitar romper os cofres públicos desta maneira? “A Copa vem aí”. Foi praticamente isso que o Advogado da URBANA disse. Precisamos aceitar um furo deste tamanho no cofre do município porque “a copa vem aí”. Precisamos aceitar duas empresas que colocam preços exorbitantes, porque a “a copa vem aí”. Precisamos esquecer que essas empresas não aceitaram baixar os preços quando esta era a última chance prevista em lei para contratação porque “a copa vem aí”. Não podemos desclassificar estas empresas porque mesmo? “a copa vem aí!”.

LIMPEZA III

A estudante conclui: “Esquecem que “a copa também acaba”, a copa durará menos de 01 mês. Este “furo” nos cofres de Natal durará 60 meses. Serão mais de R$ 50.000,000,00 ao final do contrato, tudo isto porque a Copa do Mundo está chegando. Natal não está desesperada por uma empresa que a limpe, ao ponto de esquivar-se da Lei, a ponto de aceitar preços superiores ao previsto, preços estes confrontados pelo próprio TCE. Natal não está imunda. Já esteve há uns anos atrás. Hoje não está mais. Não ao ponto de ser obrigada a aceitar sair de seu cofre público mais de R$50 milhões simplesmente por causa de alguns dias de Copa do Mundo. A URBANA tem condições de cumprir a Lei, e manter a cidade limpa para qualquer evento que venha ter, com o material e pessoal que já tem disponível”.

MÃE

Neste Dia das Mães, quero parabenizar Elizabeth Lemos, minha mãe. Uma mulher exemplar, solidária, amiga, honesta, excelente esposa, mãe dedicada, irmã amiga, avó presente… Mamãe é sinônimo de luta, de fé em Deus e sentimentos nobres. Se fosse possível voltar o tempo e escolher minha mãe, seria Elizabeth a escolhida por tudo que ela representa. Parabéns também a minhas tias, quase mães, minha esposa Andréa, minha sogra Regina e a todas as mães.

Compartilhar: