Atacante Leandro Damião vai custar R$ 1 milhão por mês ao Santos

Atacante pode estrear no próximo dia 18, contra o XV de Piracicaba, pelo Paulista

Atacante receberá R$ 50 mil para auxílio moradia. Foto:Divulgação
Atacante receberá R$ 50 mil para auxílio moradia. Foto:Divulgação

Apresentado na quinta-feira como principal reforço do Santos para a temporada, Leandro Damião vai custar ao clube cerca de R$ 1 milhão por mês.

O valor, apurado pela Folha, leva em conta o salário do jogador e o que será pago para a Doyen Sports, fundo de investimento que financiou a contratação.

Damião vai receber R$ 450 mil mensais e mais R$ 50 mil como auxílio moradia.

O atacante custou cerca de R$ 42 milhões, pagos pela empresa ao Internacional-RS. O Santos admite que terá de devolver o valor à Doyen, de forma parcelada.

Pelo acordo firmado, os juros serão de 10% ao ano mais a inflação do período. O clube se comprometeu a pagar R$ 500 mil mensalmente.

A esperança é que Damião seja negociado com o futebol europeu logo. Se isso acontecer, o lucro (o que passar de R$ 42 milhões) será 70% da Doyen e 30% do clube.

Não é a primeira vez que o Santos faz negociações milionárias. Emprestado por seis meses em 2010, Robinho tinha salário de R$ 980 mil na Vila Belmiro. Com a ajuda de patrocinadores, Neymar recebeu R$ 3 milhões nos últimos meses no Brasil.

“O interesse das empresas de marketing é na Copa e a exposição é menor no clube. Sem a ajuda de um parceiro é difícil o clube contratar bons jogadores”, explica o presidente Odílio Rodrigues.

EXCEÇÃO

A contratação de Damião vai na contramão dos times paulistas em 2014. Com pouco dinheiro e apenas o Campeonato Paulista no primeiro semestre, os grandes do Estado não têm investido em contratações caras.

De 2010 para 2014, o número de reforços adquiridos pelas principais equipes de São Paulo, no início de temporada, caiu de 24 para 12.

Damião foi apresentado em evento no centro histórico de Santos. Ele chegou ao local pilotando bonde que saiu da estação do Valongo, a 100 metros de distância.

“Fico feliz pelo reconhecimento. Nenhum time joga com um jogador só, são os 11. Sou atleta de grupo, nunca tive problema, e o time tem que jogar junto”, diz o reforço.

Ele pode estrear no próximo dia 18, contra o XV de Piracicaba, pelo Paulista.

“Ano passado o time não foi bem, mas agora tem tudo para dar certo”, completa.

Até o primeiro jogo, um grupo de 30 conselheiros pretende fazer pedido para que a diretoria apresente o contrato feito com Damião e com a Doyen Sports no Coselho Deliberativo do clube.

“Eles vão fazer de tudo para não apresentar. Mas vamos pedir”, garante Celso Leite, um dos conselheiros.

Fonte:FSP

Compartilhar: